Doenças causadas por Nematódeos

+69

No comments posted yet

Comments

johnatan (1 year ago)

per

ingrided (3 years ago)

doenças causadas por nematódeos

Slide 1

Doenças causadas por Nematódeos 3ª série EM Profª. Ayesa Aseff

Slide 2

Ascaris lumbricoides 1. Ascaridíase: É considerada uma das verminose mais comum do planeta. Conhecido popularmente como lombriga. Verme dióico. Apresenta dimorfismo sexual. Macho mede por volta de 20 cm e a fêmea 30 cm. Parasita o intestino delgado. Provoca: diarréia,dores abdominais,desnutrição.Em grandes quantidades podem provoca oclusão intestinal. A passagem da larva pelos pul-mões pode ocasionar bronquites e pneumonia.

Slide 3

Ascaris lumbricoides A contaminação dá-se pela ingestão de ovos na água ou no alimento (hetero-infestação) ou pela auto-infestação. A ascaridíase tem cura que é relativamente simples. As medidas profiláticas incluem saneamento básico,higiene alimentar e higiene pessoal. Expulsão de Ascaris sp.

Slide 4

Ancilostomose, Amarelão ou mal-da-terra 2. Ancilostomose é uma doença provo-cada pelo Ancilostoma duodenale e Necator americanus. Conhecida como amarelão,opilação. Parasitam o intestino delgado, os vermes adultos medem por volta de um centímetro. Contaminação: Através das larvas que penetram ativamente pela pele do pé. Local parasitado: Intestino. Caminho percorrido pela larva: pele , corrente sanguínea, fígado, coração, sistema respiratório e tubo diges-tório. Patogenicidade: anemia (os vermes adultos alimentam-se de sangue). Profilaxia:Andar calçado e Sanea-mento básico. Tratamento : Existe cura.

Slide 5

Filariose (Elefantíase) 3. Filariose ou elefantíase. Agente causador: Microfilaria Wulchereria bancrofti Transmissão:Através da picada dos mosquitos Culex, Aedes e Anopleles. Hospedeiro definitivo:Homem. Local parasitado:Vasos do sis-tema linfático. Patogenicidade: Obstrução dos vasos linfáticos provocando in-chaços dos membros inferiores, superiores,seios e escrotos. Tratamento: Existe tratamento através de substâncias químicas, muitas vezes existe a necessida-de da intervenção cirúrgica.

Slide 7

4. Bicho geográfico ou Larva Migrans tegumentar Doença dermatológica causada pelo Ancylostoma brasiliensis ou pelo Ancy-lostoma caninum. parasitas encontrados nas fezes de cães e gatos. As larvas penetram pela pele atingindo a derme provocando verdadeiras galerias.O rastro da larva assemelha-se a um mapa. Tratamento:Albendazol. Profilaxia : Evitar a presença de cães nas praias.

Slide 8

5. Oxiuríase ou Enterobiose. Doença provocada pelo Oxyurus vermicularis ou Enterobius vermi-cularis. Doença comum em criança contraída por meio da ingestão de ovos no alimento,na água ou poeira. O sintoma principal da parasitose é o plurido anal (coceira). O plurido é decorrente da migração das fêmeas grávidas para a região perianal.A mi-gração é mais comum à noite quando o corpo tende aumentar sua tempera-tura. Transmissão: Ingestão de ovos. Tratamento: Existe cura. Profilaxia : Cuidado com os alimen-tos, evitar contato com os doentes.

Slide 9

6. Oncocercose Filariose causada pelo verme Onchocerca volvulus, também chamada "cegueira dos rios" ou "mal do garimpeiro", raramente fatal, mas a segunda maior causa infecciosa de cegueira. É transmitida por mosquitos do gênero Simulium, conhecidos no Brasil por piúm na região norte ou por borrachudo nas outras regiões. As larvas formam vermes adultos que se alojam sob a pele, mas podem também causar cegueira quando as larvas invadem tecidos dos olhos. A doença é encontrada na África e nas Américas, como em algumas regiões do norte do Brasil. Há medicamentos que destroem as larvas.

Slide 10

7. Estrongiloídiase Verminose intestinal causada pelo Strongyloides stercoralis, que mede cerca de 2 mm. As larvas aparecem no solo contaminado por ovos que saem nas fezes dos doentes. Essas larvas penetram pela pele dos pés descalços e realizam um ciclo pulmonar idêntico ao do ancilóstomo. Podem ocorrer diarréias, dores abdominais, vômitos e náuseas. A prevenção consiste na construção de instalações sanitárias adequadas, tratamento da água e uso de sapatos. O tratamento é feito com medicamentos que matam os vermes.

Slide 11

8. Tricuríase ou tricocefalose AGENTE ETIOLÓGICO: Trichuris trichiura, que mede de 3 a 5 centímetros de comprimento. RESERVATÓRIO: intestino grosso do ser humano. PERÍODO DE INCUBAÇÃO: A larva necessita de cerca de 3 meses para chegar à forma adulta, quando inicia a postura dos ovos. MODO DE TRANSMISSÃO: Ingestão de ovos do verme através de alimentos e água contaminados ou diretamente veiculados pelas mãos levadas à boca. QUADRO CLÍNICO: A maioria das pessoas infestadas por esse helminto não possui sinais ou sintomas. Quando a infestação é maciça ocorre dor abdominal, falta de apetite e diarréia que pode conter sangue e muco simulando doença intestinal inflamatória. COMPLICAÇÕES: Anemia severa em grandes infestações podendo causar atraso no desenvolvimento físico e mental de crianças e adolescente. TRATAMENTO: Mebendazol, contra-indicado em gestantes.

URL:
More by this User
Most Viewed