O Governo da Igreja

0

No comments posted yet

Comments

Slide 3

A liderança da Igreja é exercida por homens, por isso, é passível de erro Todo princípio de liderança é instituído por Deus, contudo, ainda que não consigamos compreender, devemos respeitar a liderança da Igreja Que contribuição cada um pode dar para o bom andamento dos trabalhos da IGREJA?

Slide 4

É um compromisso muito sério, visto que com o passar do tempo, a tendência social é a rebelião (2 Tm 3:1-5). 1 ¶ Sabe, porém, isto: nos últimos dias, sobrevirão tempos difíceis, 2 pois os homens serão egoístas, avarentos, jactanciosos, arrogantes, blasfemadores, desobedientes aos pais, ingratos, irreverentes, 3 desafeiçoados, implacáveis, caluniadores, sem domínio de si, cruéis, inimigos do bem, 4 traidores, atrevidos, enfatuados, mais amigos dos prazeres que amigos de Deus, 5 tendo forma de piedade, negando-lhe, entretanto, o poder. Foge também destes.

Slide 5

(Ef 1:22-23  E pôs todas as coisas debaixo dos pés, e para ser o cabeça sobre todas as coisas, o deu à igreja, a qual é o seu corpo, a plenitude daquele que a tudo enche em todas as coisas. Cl 1:18-19  Ele é a cabeça do corpo, da igreja. Ele é o princípio, o primogênito de entre os mortos, para em todas as coisas ter a primazia, porque aprouve a Deus que, nele, residisse toda a plenitude

Slide 8

Atos 6:2  Então, os doze convocaram a comunidade dos discípulos e disseram: Não é razoável que nós abandonemos a palavra de Deus para servir às mesas.

Slide 10

Art.9 - A assembleia geral da Igreja constará de todos os membros em plena comunhão e se reunirá ordinariamente, ao menos uma vez por ano, e, extraordinariamente, convocada pelo Conselho, sempre que for necessário, regendo-se pelos respectivos estatutos. § 1º - Compete à assembléia: a) eleger pastores e oficiais da Igreja; b) pedir a exoneração deles ou opinar a respeito, quando solicitada pelo Conselho; c) aprovar os seus estatutos e deliberar quanto à sua constituição em pessoa jurídica; d) ouvir, para informação, os relatórios do movimento da Igreja no ano anterior, e tomar conhecimento do orçamento para o ano em curso; e) pronunciar-se sobre questões orçamentárias e administrativas, quando isso lhe for solicitado pelo Conselho; f) adquirir, permutar, alienar, gravar de ônus real, dar em pagamento imóvel de sua propriedade e aceitar doações ou legados onerosos ou não, mediante parecer prévio do Conselho e, se este julgar conveniente também do respectivo Presbitério; g) conferir a dignidade de pastor emérito, presbítero emérito e diácono emérito; § 2º - Para tratar dos assuntos a que se referem as alíneas “c”, “e” e “f” do parágrafo anterior a assembleia deverá constituir-se de membros civilmente capazes. Art.10 - A presidência da assembleia da Igreja cabe ao pastor e na sua ausência, ou impedimento, ao pastor auxiliar, se houver. Parágrafo Único - Na ausência ou impedimento dos pastores caberá ao Vice-Presidente do Conselho assumir a presidência da assembleia.

Slide 11

Na IPB o pastor é sustentado para fazer o trabalho em tempo integral (1 Tm 5:18  Pois a Escritura declara: Não amordaces o boi, quando pisa o trigo. E ainda: O trabalhador é digno do seu salário. ). Ele poderá ser eleito pela Igreja, ou indicado pelo Presbitério . Hb 13:7,17  Lembrai-vos dos vossos guias, os quais vos pregaram a palavra de Deus; e, considerando atentamente o fim da sua vida, imitai a fé que tiveram. Obedecei aos vossos guias e sede submissos para com eles; pois velam por vossa alma, como quem deve prestar contas, para que façam isto com alegria e não gemendo; porque isto não aproveita a vós outros. Ef 4:11-12  E ele mesmo concedeu uns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres, com vistas ao aperfeiçoamento dos santos para o desempenho do seu serviço, para a edificação do corpo de Cristo,

Slide 12

Tt 1:5  Por esta causa, te deixei em Creta, para que pusesses em ordem as coisas restantes, bem como, em cada cidade, constituísses presbíteros, conforme te prescrevi: 1 Tm 3:1-7  1 ¶ Fiel é a palavra: se alguém aspira ao episcopado, excelente obra almeja. 2 É necessário, portanto, que o bispo seja irrepreensível, esposo de uma só mulher, temperante, sóbrio, modesto, hospitaleiro, apto para ensinar; 3 não dado ao vinho, não violento, porém cordato, inimigo de contendas, não avarento; 4 e que governe bem a própria casa, criando os filhos sob disciplina, com todo o respeito 5 (pois, se alguém não sabe governar a própria casa, como cuidará da igreja de Deus?); 6 não seja neófito, para não suceder que se ensoberbeça e incorra na condenação do diabo. 7 Pelo contrário, é necessário que ele tenha bom testemunho dos de fora, a fim de não cair no opróbrio e no laço do diabo.

Slide 13

1 Tm 3:8-10  8 ¶ Semelhantemente, quanto a diáconos, é necessário que sejam respeitáveis, de uma só palavra, não inclinados a muito vinho, não cobiçosos de sórdida ganância, 9 conservando o mistério da fé com a consciência limpa. 10 Também sejam estes primeiramente experimentados; e, se se mostrarem irrepreensíveis, exerçam o diaconato. At 6:1-7 

Slide 14

Em algumas Igrejas há também a Sociedade de Casais Jovens, Há casos de grandes Igrejas com Sociedade de Juniores com idades de 9 a 12 anos Suas diretorias são eleitas pelos sócios (Salmos 133). Para todas as sociedades internas o Conselho nomeia conselheiros, eu, geralmente são presbíteros ou pastores. No caso das sociedades de crianças, também são nomeados orientadores (as) Há também a VEM – Viúvas Evangélicas em Missão. Várias mulheres estão reunidas para ouvir, falar, orar, partilhar suas alegrias e tristezas e para se ajudarem mutuamente. Nenhuma delas tem marido, pois são viúvas, separadas, divorciadas ou solteiras. Elas fazem parte de um movimento evangélico interdenominacional conhecido pela sigla VEM (Viúvas Evangélicas em Missão), que tem o objetivo de contribuir para a reintegração da mulher à vida social, cultural e espiritual. Fundado há vinte anos, em Belo Horizonte, o VEM já tem grupos em São Paulo (11 3062-9023), Curitiba (41 3242-5006), Recife (81 3727-6840) e Manaus (92 3633-5975). O grupo de Belo Horizonte reúne aproximadamente 150 participantes. Graças a este ministério especializado, muitas mulheres, de todas as idades, têm procurado e encontrado apoio, cura, orientação e amizade, e, assim, saído da depressão e solidão. A sede nacional do VEM fica na Rua Prof. Ricardo Pinto, nº 33, bairro Itapoã, Belo Horizonte (tel. 31 3491-1513).

Slide 15

Atos 15:6,22  Então, se reuniram os apóstolos e os presbíteros para examinar a questão. Então, pareceu bem aos apóstolos e aos presbíteros, com toda a igreja, tendo elegido homens dentre eles, enviá-los, juntamente com Paulo e Barnabé, a Antioquia: foram Judas, chamado Barsabás, e Silas, homens notáveis entre os irmãos, 1 Tm 4:14  Não te faças negligente para com o dom que há em ti, o qual te foi concedido mediante profecia, com a imposição das mãos do presbitério. EM TODOS OS CONCÍLIOS DA IGREJA PRESBITERIANA DO BRASIL OS PRESBÍTEROS E PASTORES GOZAM DE IGUALDADE CONCILIAR, PODENDO VOTAR E SEREM VOTADOS PARA TODOS OS CARGOS E FUNÇÕES. Art.52 - O presbítero tem nos Concílios da Igreja autoridade igual a dos ministros. Art.62 - Os Concílios da Igreja Presbiteriana do Brasil em ordem ascendente são: a) o Conselho, que exerce jurisdição sobre a Igreja local; b) o Presbitério, que exerce jurisdição sobre os ministros e conselhos de determinada região; c) o Sínodo, que exerce jurisdição sobre três ou mais Presbitérios; d) o Supremo Concílio, que exerce jurisdição sobre todos os Concílios.

Slide 1

O Governo da Igreja Rev. Cleudson Gomes Corrêa

Slide 2

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 2 Agora, vos rogamos, irmãos, que acateis com apreço os que trabalham entre vós e os que vos presidem no Senhor e vos admoestam; (1Ts 5.12)

Slide 3

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 3 A liderança da Igreja é infalível? A liderança da Igreja é infalível? “Só devo respeito a Deus”; este é um ensinamento bíblico? A liderança da Igreja é infalível? “Só devo respeito a Deus”; este é um ensinamento bíblico? O que posso fazer para colaborar com a liderança da Igreja?

Slide 4

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 4 Uma pergunta sempre se faz aos que desejam tornar-se membros da Igreja: “Você promete sujeitar-se às autoridades constituídas da Igreja, para seu ensino e governo, enquanto forem fiéis às Escrituras?”

Slide 5

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 5 A Igreja Presbiteriana do Brasil, segue o modelo bíblico, e por assim ser, não tem um cabeça visível, como um papa, um guru, ou alguém que seja tido como verdade absoluta. A Igreja Presbiteriana do Brasil, segue o modelo bíblico, e por assim ser, não tem um cabeça visível, como um papa, um guru, ou alguém que seja tido como verdade absoluta. Essa posição pertence exclusivamente a Jesus.

Slide 6

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 6 Art.1 - A Igreja Presbiteriana do Brasil é uma federação de Igrejas locais, que adota como única regra de fé e prática as Escrituras Sagradas do Velho e Novo Testamento e como sistema expositivo de doutrina e prática a sua Confissão de Fé e os Catecismos Maior e Breve; rege-se pela presente Constituição; é pessoa jurídica, de acordo com as leis do Brasil, sempre representada civilmente pela sua Comissão Executiva e exerce o seu governo por meio de Concílios e indivíduos, regularmente instalados. Art.1 - A Igreja Presbiteriana do Brasil é uma federação de Igrejas locais, que adota como única regra de fé e prática as Escrituras Sagradas do Velho e Novo Testamento e como sistema expositivo de doutrina e prática a sua Confissão de Fé e os Catecismos Maior e Breve; rege-se pela presente Constituição; é pessoa jurídica, de acordo com as leis do Brasil, sempre representada civilmente pela sua Comissão Executiva e exerce o seu governo por meio de Concílios e indivíduos, regularmente instalados.

Slide 7

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 7 Art.2 - A Igreja Presbiteriana do Brasil tem por fim prestar culto a Deus, em espírito e verdade, pregar o Evangelho, batizar os conversos, seus filhos e menores sob sua guarda e “ensinar os fiéis a guardar a doutrina e prática das Escrituras do Antigo e Novo Testamentos, na sua pureza e integridade, bem como promover a aplicação dos princípios de fraternidade cristã e o crescimento de seus membros na graça e no conhecimento de Nosso Senhor Jesus Cristo”.

Slide 8

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 8 O governo de nossa Igreja é representativo, isto é, cada membro participa, votando na escolha de representantes ou sobre assuntos de maior importância, em uma Assembleia. O governo de nossa Igreja é representativo, isto é, cada membro participa, votando na escolha de representantes ou sobre assuntos de maior importância, em uma Assembleia. Assim é estabelecido o Conselho da Igreja, que é formado pelos presbíteros, e a Junta Diaconal que é formada pelos Diáconos .

Slide 9

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 9 Art.4 - A Igreja local é uma comunidade constituída de crentes professos juntamente com seus filhos e outros menores sob sua guarda, associados para os fins mencionados no Art.2 e com governo próprio, que reside no Conselho. Art.4 - A Igreja local é uma comunidade constituída de crentes professos juntamente com seus filhos e outros menores sob sua guarda, associados para os fins mencionados no Art.2 e com governo próprio, que reside no Conselho. Art.4 - A Igreja local é uma comunidade constituída de crentes professos juntamente com seus filhos e outros menores sob sua guarda, associados para os fins mencionados no Art.2 e com governo próprio, que reside no Conselho. § 1º - Ficarão a cargo dos Presbitérios, Juntas Missionárias ou dos Conselhos, conforme o caso, comunidades que ainda não podem ter governo próprio.

Slide 10

Rev. Cleudson Gomes Corrêa 10 O governo da Igreja local é assim constituído: Conselho – Conselho – Composto pelo pastor, ou pastores e presbíteros Assembleia Geral – composta por todos os membros comungantes em plena comunhão Assembleia Geral – composta por todos os membros comungantes em plena comunhão Junta Diaconal – Composto por todos os diáconos, tanto os da Sede como os das congregações Junta Diaconal – Composto por todos os diáconos, tanto os da Sede como os das congregações Comissão Executiva das Sociedades Internas – são eleitos presidentes, vice-presidentes, secretários, tesoureiros para as sociedades internas da Igreja.

Slide 11

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 11 Pastor Qualquer jovem vocacionado para o Ministério é enviado a um dos Seminários da Igreja Presbiteriana do Brasil. Antes de ser ordenado ao Sagrado Ministério é acompanhado e examinado pelo Presbitério, dentro dos estatutos da Igreja. Após essa jornada, assume a presidência do Conselho de uma Igreja local, em que será pastor.

Slide 12

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 12 Presbíteros São eleitos pela maioria dos membros da Igreja em uma Assembleia. Formam o Conselho que tem funções administrativas e espirituais sobre a vida da Igreja. O mandato de um Presbítero dura cinco anos, podendo ser reeleito após o cumprimento de seu mandato. Qualquer sugestão, crítica, solicitação ou denúncia dos membros, deverá ser encaminhada aos presbíteros.

Slide 13

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 13 Diáconos Também são eleitos em Assembleia, e assim como os presbíteros, têm mandato de cinco anos, podendo haver reeleição. Eles forma a Junta Diaconal da Igreja, cujos propósitos são: assistir aos irmãos necessitados, zelar pela ordem do Culto e pelo patrimônio da Igreja.

Slide 14

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 14 Lideranças das sociedades internas Para o crescimento na fé e união de todos, temos uma sociedade interna para cada faixa etária dos membros: - até 11 anos UCP – União das Crianças Presbiterianas; - de 12 a 16 anos UPA – União Presbiteriana de Adolescentes; - de 17 a 35 anos UMP – União da Mocidade Presbiteriana; - SAF – Sociedade Auxiliadora Feminina; - UPH – União Presbiteriana de Homens

Slide 15

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 15 Quantos e quais são os concílios da IPB? São quatro os concílios da IPB, a saber: Cada Conselho está subordinada a um Presbitério que reúno no mínimo quatro Igrejas da mesma região. Cada Presbitério está subordinado ao um Sínodo que congrega no mínimo três Presbitérios da mesma região. Os Sínodos, por sua vez, estão subordinados ao Supremo Concílio, que é um órgão nacional. Em cada país, onde há Igreja Presbiteriana, há Supremo Concílio e o mesmo sistema de governo.

Slide 16

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 16 E a Escola Bíblica Dominical? É um departamento da Igreja de grande valor na edificação espiritual dos membros. É a maior escola do mundo, e por ser tão importante, existe em quase todas as Igrejas evangélicas. Na IPB a sua direção é nomeada pelo Conselho e reúne-se dominicalmente. Antes de sermos membros da Igreja nos tornamos alunos matriculados na EBD – Escola Bíblica Dominical (Ne 8:2-8).

Slide 17

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 17 2 Esdras levou o livro para o lugar onde o povo estava reunido: os homens, as mulheres e as crianças que já tinham idade para entender. 3 E ali, na praça em frente ao portão, Esdras leu a Lei para o povo, desde o nascer do sol até o meio-dia. E todos ouviram com atenção. E a Escola Bíblica Dominical? Ne 8:2-3NTLH

Slide 18

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 18 E a Escola Bíblica Dominical? 4 Esdras estava de pé num estrado de madeira que havia sido feito para aquela ocasião. À direita de Esdras estavam de pé os seguintes homens: Matitias, Sema, Anaías, Urias, Hilquias e Maaséias. E de pé à sua esquerda estavam: Pedaías, Misael, Malquias, Hasum, Hasbadana, Zacarias e Mesulã. 5 Esdras ficou ali no estrado acima do povo, e todos olhavam para ele. Quando abriu o livro, todos se levantaram, Ne 8:4-5 NTLH

Slide 19

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 19 E a Escola Bíblica Dominical? 6 e Esdras disse: —Louvem o SENHOR, o grande Deus! Todo o povo levantou os braços e respondeu: —Amém! Amém! Aí se ajoelharam e, com o rosto encostado na terra, adoraram a Deus, o SENHOR. 7 Depois se levantaram e ficaram nos seus lugares. Então os levitas explicaram a Lei para o povo. Os levitas eram: Jesua, Bani, Serebias, Jamim, Acube, Sabetai, Hodias, Maaséias, Quelita, Azarias, Jozabade, Hanã e Pelaías. Ne 8:6-7 NTLH

Slide 20

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 20 E a Escola Bíblica Dominical? 8 Eles iam lendo o Livro da Lei e traduzindo; e davam explicações para que o povo entendesse o que era lido. Ne 8:8 NTLH

Slide 21

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 21 O Manual Presbiteriano é um livro no qual, sem alterar princípios bíblicos, constam os termos que tratam do governo da Igreja, formando assim a sua Constituição. Obedecer às autoridades é um princípio bíblico. É gratificante e encorajador sabermos que estas autoridades foram instituídas pelo próprio Deus.

Slide 22

8/6/2014 18:39:03 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 22 Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade resiste à ordenação de Deus; e os que resistem trarão sobre si mesmos condenação. (Rm 13.1-2)

URL: