Perseverança dos Santos

+1

No comments posted yet

Comments

Slide 4

As Escrituras e as Confissões Reformadas ensinam a perseverança dos santos por causa da infalível preservação de Deus.

Slide 6

Palavras de Jesus aos judeus incrédulos

Slide 7

Paulo, escrevendo aos crentes de Filipos, nos dá certeza de perseverança. Nascemos de novo para uma viva esperança

Slide 9

Já vimos, nas citações anteriores de Fp 1.6, Jo 10.26-30 e 1Pe 1.3-5

Slide 11

Rm 8.33-39 33 Quem intentará acusação contra os eleitos de Deus? É Deus quem os justifica. 34 Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós. 35 Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada? 36 Como está escrito: Por amor de ti, somos entregues à morte o dia todo, fomos considerados como ovelhas para o matadouro. 37 Em todas estas coisas, porém, somos mais que vencedores, por meio daquele que nos amou. 38 Porque eu estou bem certo de que nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as coisas do presente, nem do porvir, nem os poderes, 39 nem a altura, nem a profundidade, nem qualquer outra criatura poderá separar-nos do amor de

Slide 15

Esta possibilidade de perder-se, depois de ter sido salvo, é chamada de “queda (ou perda) da graça”, pelos seguidores de Arminius. Ainda, se depois de ter sido salva, a pessoa pode perder-se, ela pode tornar-se livremente a Cristo outra vez e, arrependendo-se de seus pecados, “pode ser salva de novo”. Tudo depende de sua contínua volição positiva até à morte!

Slide 17

A doutrina da perseverança dos santos não mantém que todos que professam a fé cristã estão garantidos para o céu. São os santos - os que são separados pelo Espírito - os que perseveram até o fim. São os crentes - aqueles que recebem a verdadeira e viva fé em Cristo - os que estão seguros e salvos nEle. Muitos que professam a fé cristã caem, mas eles não caem da graça pois nunca estiveram na graça. Os crentes verdadeiros caem em tentações e cometem graves pecados, às vezes, mas esses pecados não os levam a perder a salvação ou a separá-los de Cristo.

Slide 18

O povo de Deus recebe a vida eterna no momento em que crê. Estes são guardados pelo poder de Deus mediante a fé e nada os pode separar do Seu amor. Foram selados com o Espírito Santo que lhes foi dado como garantia de sua salvação e, desta forma, estão assegurados para uma herança eterna.

Slide 20

A doutrina da eleição, que inclui a graça irresistível, é um golpe muito duro no orgulho humano. Afinal, ele quer ter o poder de decisão. Mas, a dura realidade, é que um morto espiritual ( Ef 2.1 ) nada pode fazer, a não ser continuar morto. É preciso que alguém o arranque dessa condição. É isso que Deus faz pelos eleitos.

Slide 22

Uma vez não perseverando os eleitos, seria resistível a graça de Deus pelos salvos (eles poderiam rejeitá-la de uma maneira final, depois de estarem salvos), embora a graça fosse irresistível antes de eles serem salvos.

Slide 23

O afastamento de Deus pode ocorrer entre os crentes; todavia, a doutrina da perseverança diz que o verdadeiro crente não ficará permanentemente nesse estado. Se ele permanecer, tal crente deve colocar um grande ponto de interrogação ao lado de sua profissão de fé.

Slide 24

O Senhor nos conclama a perseverarmos até o fim e ele nos dá os meios para isto. Podemos nos fortalecer através da leitura da Bíblia, da oração, da comunhão com nossos irmãos e da santificação.

Slide 25

Quanto aqueles que pareciam tão bem e hoje estão longe dos caminhos de Deus, resta-nos suplicar a misericórdia de Deus sobre a vida deles. Se eles forem verdadeiramente crentes, no tempo de Deus, voltarão. Cabe a nós, a cada dia, suplicarmos por nossa própria vida. Diante de tudo isto, só nos resta dizer:

Slide 1

Rev. Cleudson Gomes Corrêa Perseverança dos Santos

Slide 2

Total depravity Depravação total Unconditional election Eleição incondicional Limited Atonement Expiação limitada Irresistible Grace Graça irresistível Perseverance of Saints Perseverança dos santos 6/8/2014 19:57:29 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 2

Slide 3

6/8/2014 19:57:29 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 3 É possível ao crente perder a salvação?

Slide 4

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 4 A perseverança dos santos é um ato da graça de Deus pelo qual ele preserva os crentes e santos em Cristo Jesus, em seu poder e por meio da fé, até o fim para a salvação e glória, de forma que eles lutam o bom combate da fé, e de forma que nunca possam cair da graça que uma vez receberam.

Slide 5

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 5 A perseverança dos santos é ensino bíblico Todo aquele que o Pai me dá, esse virá a mim; e o que vem a mim, de modo nenhum o lançarei fora. Porque eu desci do céu, não para fazer a minha própria vontade, e sim a vontade daquele que me enviou. E a vontade de quem me enviou é esta: que nenhum eu perca de todos os que me deu; pelo contrário, eu o ressuscitarei no último dia. De fato, a vontade de meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia. Jo 6.37-40

Slide 6

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 6 A perseverança dos santos é ensino bíblico Mas vós não credes, porque não sois das minhas ovelhas. As minhas ovelhas ouvem a minha voz; eu as conheço, e elas me seguem. Eu lhes dou a vida eterna; jamais perecerão, e ninguém as arrebatará da minha mão. Aquilo que meu Pai me deu é maior do que tudo; e da mão do Pai ninguém pode arrebatar. Eu e o Pai somos um. Jo 10.26-30

Slide 7

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 7 Estou plenamente certo de que aquele que começou boa obra em vós há de completá-la até ao Dia de Cristo Jesus. Fp 1.6 Bendito o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo, que, segundo a sua muita misericórdia, nos regenerou para uma viva esperança, mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, para uma herança incorruptível, sem mácula, imarcescível, reservada nos céus para vós outros que sois guardados pelo poder de Deus, mediante a fé, para a salvação preparada para revelar-se no último tempo. 1Pe 1.3-5

Slide 8

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 8 A perseverança certa dos santos é fundamentada na eleição eterna de Deus. Ela é garantida pela obra do Espírito Santo e os dons da Graça, que são sem arrependimento. Herman Hoeksema Ela é garantida pela própria intercessão de Cristo pelos seus, pois sua oração certamente será ouvida. Finalmente, ela está na própria natureza da vida espiritual dos santos, pois a vida é eterna. Aquele que crê no Filho tem a vida eterna, e, portanto nunca pode perecer. Deus, que implantou essa vida eterna em seu coração, a preservará para a glória final.

Slide 9

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 9 CFW – CAP. XVII DA PERSEVERANÇA DOS SANTOS I. Os que Deus aceitou em seu Bem-amado, os que ele chamou eficazmente e santificou pelo seu Espírito, não podem decair do estado da graça, nem total, nem finalmente; mas, com toda a certeza hão de perseverar nesse estado até o fim e serão eternamente salvos.

Slide 10

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 10 CFW – CAP. XVII DA PERSEVERANÇA DOS SANTOS II. Esta perseverança dos santos não depende do livre arbítrio deles, mas da imutabilidade do decreto da eleição, procedente do livre e imutável amor de Deus Pai, da eficácia do mérito e intercessão de Jesus Cristo, da permanência do Espírito e da semente de Deus neles e da natureza do pacto da graça; de todas estas coisas vêm a sua certeza e infalibilidade. ,

Slide 11

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 11 Entretanto, o firme fundamento de Deus permanece, tendo este selo: O Senhor conhece os que lhe pertencem. E mais: Aparte-se da injustiça todo aquele que professa o nome do Senhor. 2Tm 2.19 De longe se me deixou ver o SENHOR, dizendo: Com amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí. Jr 31.3 Já não estou no mundo, mas eles continuam no mundo, ao passo que eu vou para junto de ti. Pai santo, guarda-os em teu nome, que me deste, para que eles sejam um, assim como nós. Jo 17.11 Por isso, também pode salvar totalmente os que por ele se chegam a Deus, vivendo sempre para interceder por eles. Jr 7.25

Slide 12

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 12 CFW – CAP. XVII DA PERSEVERANÇA DOS SANTOS III. Eles, porém, pelas tentações de Satanás e do mundo, pela força da corrupção neles restante e pela negligência dos meios de preservação, podem cair em graves pecados e por algum tempo continuar neles; incorrem assim no desagrado de Deus, entristecem o seu Santo Espírito e de algum modo vêm a ser privados das suas graças e confortos; têm os seus corações endurecidos e as suas consciências feridas; prejudicam e escandalizam os outros e atraem sobre si juízos temporais.

Slide 13

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 13 Livra-me dos crimes de sangue, ó Deus, Deus da minha salvação, e a minha língua exaltará a tua justiça. Sl 51.14 Por que, pois, desprezaste a palavra do SENHOR, fazendo o que era mal perante ele? A Urias, o heteu, feriste à espada; e a sua mulher tomaste por mulher, depois de o matar com a espada dos filhos de Amom. 2Sm 12.9 Tenho, porém, contra ti que abandonaste o teu primeiro amor. Ap 2.4 Mas, quando julgados, somos disciplinados pelo Senhor, para não sermos condenados com o mundo. 2Co 11.32 Restitui-me a alegria da tua salvação e sustenta-me com um espírito voluntário. Sl 51.8

Slide 14

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 14 Ele, porém, o negou diante de todos, dizendo: Não sei o que dizes. E, saindo para o alpendre, foi ele visto por outra criada, a qual disse aos que ali estavam: Este também estava com Jesus, o Nazareno. E ele negou outra vez, com juramento: Não conheço tal homem. Logo depois, aproximando-se os que ali estavam, disseram a Pedro: Verdadeiramente, és também um deles, porque o teu modo de falar o denuncia. Então, começou ele a praguejar e a jurar: Não conheço esse homem! E imediatamente cantou o galo. Mt 26.70-74

Slide 15

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 15 Arminianismo Defende que o homem, sendo salvo por um ato de sua própria vontade livremente exercida, aceitando a Cristo por sua própria decisão, pode também perder-se depois de ter sido salvo, se resolver mudar de atitude para com Cristo, rejeitando-o! (Alguns arminianos acrescentariam que o homem pode perder, subsequentemente, sua salvação, cometendo algum pecado, uma vez que a teologia arminiana é uma “teologia de obras” — pelo menos no sentido e na extensão em que o homem precisa exercer sua própria vontade para ser salvo.)

Slide 16

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 16 Calvinismo Sustenta que a salvação, desde que é obra realizada inteiramente pelo Senhor — e que o homem nada tem a fazer antes, absolutamente, “para ser salvo” —, é óbvio que o “permanecer salvo” é, também, obra de Deus, à parte de qualquer bem ou mal que o eleito possa praticar. Os eleitos ‘perseverarão’ pela simples razão de que Deus prometeu completar, em nós, a obra que ele começou. Por isso, os cinco pontos de TULIP incluem a Perseverança dos Santos.

Slide 17

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 17 Os eleitos, portanto, não são apenas redimidos por Cristo e regenerados pelo Espírito; eles são mantidos na fé pelo infinito poder de Deus. Todos os que são unidos espiritualmente a Cristo, através da regeneração, estão eternamente seguros nEle. Nada os pode separar do eterno e imutável amor de Deus. Foram predestinados para a glória eterna e estão, portanto, assegurados para o céu.

Slide 18

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 18 “Essa doutrina não se manifesta isoladamente, mas é uma parte necessária do sistema calvinista de teologia. As doutrinas da Eleição e da Graça Eficaz implicam logicamente na salvação certa daqueles que recebem essas bênçãos. Loraine Boettner Se Deus escolheu homens de modo absoluto e incondicional para a vida eterna, e se o Seu Espírito efetivamente aplica-lhes os benefícios da redenção, a conclusão inevitável é que essas pessoas serão salvas."

Slide 19

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 19 Aqueles que foram escolhidos por Deus na eternidade, chamados por Deus na história, justificados pelo sangue de Cristo e selados com o Espírito Santo da promessa têm a garantia da vida eterna. Jesus dá às suas ovelhas a vida eterna. Essas ovelhas estão seguras em seus braços e ninguém as arrebatará das suas mãos. Aquele que começou a fazer a boa obra em nós há de completá-la até o dia de Cristo Jesus. Na verdade, nada neste mundo nem no porvir pode separar-nos do amor de Deus que está em Cristo Jesus. O mesmo Deus que nos dá a salvação nos assegura a salvação. Podemos tomar posse da vida eterna e ter a certeza da vida eterna, pois Deus Pai nos escolheu, Deus Filho nos remiu e o Deus Espírito Santo nos regenerou e nos selou para o dia da redenção. Glória ao Deus Triúno por tão grande salvação! Hernandes Dias Lopes

Slide 20

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 20 “O homem que é justo diante Deus tem um caminho próprio. Não é o caminho da carne, nem tampouco é o caminho do mundo; é um caminho que o mandato divino lhe designou, e é onde ele caminha pela fé. É a estrada do Rei da santidade, e o ímpio não transitará por ela: somente os que são resgatados pelo Senhor caminharão por esta estrada, e estes descobrirão que é uma trilha de separação do mundo.. Charles Haddon Spurgeon

Slide 21

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 21 Uma vez que o homem é totalmente depravado (1º ponto – Depravação Total), não consegue fazer NADA por sua própria salvação. Faz parte da soberana graça de Deus escolher, eleger, vocacionar (2º ponto – Eleição Incondicional), segundo Sua livre vontade. Cristo dá-se por sacrifício perfeito em favor dos eleitos (3º ponto – Expiação Limitada), assegurando-lhes a salvação. Deus chama aos Seus eleitos de forma que não podem resistir (4º ponto – Graça Irresistível), e a todos quantos chamam, o obedecem alegremente. Certamente, Deus assegurará a salvação final destes eleitos, ou seja, eles perseverarão até o fim (5º ponto – Perseverança dos Santos.

Slide 22

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 22 Se cogitarmos a possibilidade de não haver perseverança dos eleitos, o decreto eterno de Deus seria inconsistente, e isto o calvinista não pode admitir. Certos de que Deus decretou a salvação dos eleitos, indubitavelmente, ela será concluída. Se os eleitos não perseverassem, a morte de Cristo seria uma falha, porque o seu desígnio era garantir a salvação dos eleitos de Deus.

Slide 23

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 23 Esta doutrina afirma que os eleitos permanecerão no caminho da salvação, uma vez que são o objeto do eterno decreto da eleição e por serem eles o objeto da expiação realizada por Cristo, visto que o mesmo poder de Deus que os salvou os preservará e os santificará até o final. Há por parte desta doutrina, a rejeição da possibilidade de alguém professar ser crente e viver em um suposto estado de afastamento de Deus por muitos anos, sem enfrentar a mão disciplinadora de Deus; contudo, não descarta o afastar-se de Deus.

Slide 24

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 24 Esta é uma das doutrina pilares da fé cristã. Ela nos encoraja para a luta cristã, que nos mostra que o sacrifício de Cristo não foi em vão e que nos conduz a humildade. Através dela descobrimos que todo o mérito é de Cristo Jesus e não nosso.

Slide 25

6/8/2014 19:57:30 Rev. Cleudson Gomes Corrêa 25 Uma grande verdade também que aprendemos através do estudo desta doutrina, é que toda a nossa salvação é fruto da maravilhosa graça de Deus. Não há espaço para arrogância, presunção ou vaidade. “...corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus...”(Hb 12.1-2).

Tags: perseverança santos salvação eleição eternidade sacrificio de jesus expiação redenção

URL: