A última curva

+117

No comments posted yet

Comments

Slide 1

- A última curva -

Slide 2

Há quem diga que a morte é tormento.

Slide 3

Há quem diga que a morte é descanso.

Slide 4

Porém, mais sensato seria dizer que a morte pode vir a ser um tormento, ou, que ela pode vir a ser um repouso. Tudo depende de como utilizamos o nosso tempo presente. Bendito tempo...

Slide 5

As gerações que se sucedem interminavelmente.

Slide 6

O tempo que corre continuamente, e as marcas deixadas pela sua passagem.

Slide 7

O ontem, e o amanhã...

Slide 8

A vida terrena é breve como a brisa que passa.

Slide 9

Eternos são o amor, a compaixão, e a bondade.

Slide 10

“Deixa-te levar pela criança que foste.” O Livro dos Conselhos

Slide 11

Qual o significado de um dia? Qual o significado de uma vida? Qual o significado da eternidade?...

Slide 12

A cada noite, antes de deitar, avaliar como foi que utilizamos o dia que finda.

Slide 13

Foi um dia de ganhos ou de perdas espirituais? Boas ações, virtudes, tesouros imperecíveis...

Slide 14

Se o nosso coração estiver um pouco mais puro e compassivo, então por certo ganhamos o dia.

Slide 15

Não permitir que as miudezas do dia-a-dia ofusquem de nossa vista o essencial.

Slide 16

Essencial é o amor.

Slide 17

Essencial é a compaixão.

Slide 18

Essencial é proteger a infância.

Slide 19

Cuidar dos filhos e netos.

Slide 20

Sejam os nossos próprios filhos e netos, sejam os filhos e netos do mundo, carentes de amor, proteção e cuidado.

Slide 21

Olhares que transmitem aquilo que palavras não saberiam traduzir.

Slide 23

Educar as futuras gerações de modo que cresçam com um espírito desarmado, compassivo e generoso.

Slide 24

Educar o olhar, o dizer, o sentir...

Slide 25

Essencial são as Bem-aventuranças.

Slide 26

“Bem-aventurados os famintos e sedentos de justiça!” Jesus Cristo (Sermão da Montanha)

Slide 27

“Vossos olhos são bem-aventurados, porque vêem, e vossos ouvidos, porque ouvem.” Jesus Cristo (Mt 13, 16)

Slide 28

“Bem-aventurados os puros de coração!” Jesus Cristo (Sermão da Montanha)

Slide 29

“Que grande bem-aventurança espera aquele que o sopro de Deus despertou de seu sono -...”

Slide 30

“...sopro que, da fonte de Sua misericórdia, se difundiu sobre todas as Suas criaturas que para Ele se volveram.” Bahá’u’lláh (dos Escritos da Fé Bahá’í)

Slide 32

Aproveitar os breves dias terrenos para renovar o olhar, para purificar o coração.

Slide 33

Percorrer os caminhos de aprimoramento interior que conduzem às Bem-aventuranças.

Slide 34

De pés descalços trilhar a senda saudável de uma existência modesta, por vezes solitária, porém, sempre solidária.

Slide 35

Ter em mente que esta existência terrena é a infância da eternidade.

Slide 36

E que ao final da última curva, da última trilha desta vida terrena, nos esperam outros céus, outros horizontes, outras brisas matinais...

Slide 37

Realidades sutis, subjetividades, colheitas espirituais...

Slide 38

Formatação: um_peregrino@hotmail.com

Slide 39

Fundo musical: Juliette Adaptação para flash: Yolanda PONTO DO POWER POINT

Summary: Tema espiritual que retrata, com bastante naturalidade, a morte do corpo físico, que pode ser um tormento ou repouso, dependendo de como se utiliza o tempo presente.

Tags: amor compaixão bondade vida terrena tempo morte tormento repouso última curva

URL: