José Mauro

+7

No comments posted yet

Comments

Slide 1

JOSÉ MAURO UMA DAS “PATENTES” DO RÁDIO (Almirante, Zé Mauro,Haroldo Barbosa, Amaral Gurgel)

Slide 2

Filho do italiano Caetano Mauro e da mineira Terezinha Duarte, nasceu em Cataguases, Minas Gerais, em 28 de junho de 1916. Formou-se em Direito, no Rio de Janeiro aos 22 anos.

Slide 3

De personalidade irrequieta foi expulso duas vezes do Seminário de Mariana. Desde cedo mostrou inclinação para a música e para a comunicação. Iniciou sua vida profissional como repórter de A Noite, grande vespertino dos anos 30. Trabalhou na redação daquele jornal e integrou a sua equipe principal

Slide 4

Em 1937, iniciou brilhante carreira dedicada ao Rádio Brasileiro, através da recém-fundada Rádio Nacional, onde desenvolveu intensa colaboração ao lado de Haroldo Barbosa e de Almirante. Foi Diretor Artístico de 1939 a 1946, sendo ainda produtor de destacados programas da emissora.

Slide 5

Programas Famosos : Um Milhão de Melodias, Cavalgada da Alegria, Rádio-Almanaque Kolynos, Dona Música, Invasão do Samba, Carta Enigmática, A Canção Antiga, Tabuleiro da Baiana, entre outros, em parcerias com Haroldo Barbosa, Lamartine Babo, João de Barro, Mário Lago, Almirante, para citar alguns nomes de relevância. Novelas: Encontrei-me com o Demônio, Abismo, A Sombra de Berenice, transmitidas no horárionobre das 9 da noite.

Slide 6

• Em 1946, transferiu-se para a Rádio Tupi, também como Diretor Artístico. Produziu diversos programas, como Colégio Musical, Dr. Sabugosa, O Feiticeiro Dó-Ré-Mi, Minutos de Ouro, Alice no País da Música, entre outros, ao lado de Ary Barroso, Paulo Gracindo e Nancy Wanderley. Diretor Geral das Rádios Tupi e Tamoio, de 1948 a 1951.

Slide 7

• Primeiro Diretor da TV Tupi. • Reformulou, reorganizou a Rádio Tamoio do Rio de Janeiro sob a formatação inédita de "Música, exclusivamente música", a partir de 1955, a fim de enfrentar os desafios da era da televisão. A pioneira e bem sucedida experiência foi 'exportada' para diversas outras emissoras. • Produtor de TV: Inventores Cássio Muniz, No Caminho Encantado da TV e Moto-Música, com Abelardo Figueiredo, primeiro musical de TV montado cinematograficamente. • Diretor Geral de Rádio dos Diários e Emissoras Associados a partir de 1972.

Slide 8

Ministrou aulas sobre Rádio e Jingles na Associação Brasileira de Propaganda durante vários anos. Primeiro participante estrangeiro nos congressos da revista Billboard em 1968 e, sucessivamente, nos anos 69, 70, 71, 72 e 1974, em Nova York, Chicago, Los Angeles e São Francisco. Conquistou o prêmio máximo internacional concedido ao Rádio Brasileiro - "Award for broadcast excellence - 1977" - como melhor diretor internacional de programação de rádio do ano, no forum da revista Billboard, em Toronto, Canadá.

Slide 9

• Relacionamento com cerca de 40 DJs e managers mais destacados do rádio norte-americano. • Conferencista e consultor especializado em Rádio-Programação. • Manteve ainda rica e ativa produção intelectual, em parcerias com Max Nunes, Jô Soares e Chico Anísio. 

Slide 10

Exímio violonista, José Mauro possuía um“violão dinâmico” que tratava com carinho e com exclusividade. Segundo depoimento seu reproduzido no livro "Rádio Nacional - O Brasil em sintonia", de Saroldi e Sonia Moreira: "Haroldo e eu formávamos uma dobradinha inseparável. Todas as noites a gente saía da Rádio, jantava no restaurante Reis, depois íamos para Cinelândia. A gente ouvia tudo, discutia, depois pegava o violão, reproduzia o que tinha ouvido".

Slide 11

Carminha - Carmen Lygia Silveira  - nasceu em 18 de fevereiro de 1915, em São Sebastião de Estrela D'Alva, então integrando o município de Além Paraíba, juntamente com VG. Carminha e Zezé se casaram em 30 março de 1940, no Rio de Janeiro. Desse enlace nasceram Caetano, Sonia e Ligia. Os netos...ai são outras histórias

Slide 12

José Mauro faleceu no dia 30 de abril de 2004, às 2:25 h, de insuficiência renal, aos 87 anos, na cidade de Volta Grande, Minas Gerais, onde também residia seu irmão mais velho, o cineasta Humberto Mauro.

Summary: A MORTE DE JOSÉ MAURO, PIONEIRO DO RADIALISMO MUSICAL Texto extraído do site: http://br.geocities.com/radiorj2002/jmauro.html Escrito em 7 de maio de 2004. No dia 30 de abril de 2004, o jornalista José Mauro morreu, aos 87 anos, na cidade de Volta Grande-MG. Para a história do rádio brasileiro, é uma grande perda, pois José Mauro foi o responsável pela implantação do radialismo musical no Brasil. Quando estava na rádio Tamoio (então integrante do grupo Associado, de Assis Chateaubriand), José Mauro trouxe para o Brasil o modelo norte-americano de rádios exclusivamente musicais. Até então, música no rádio só tinha espaço cativo em programas especiais, alguns ao vivo, transmitidos de auditórios, e como complemento de programas não voltados somente para música. A fórmula do radialismo musical era inédita no Brasil: na programação normal, a rádio deveria tocar apenas músicas pré-gravadas, e entre elas o apresentador poderia apenas anunciar seus nomes e intérpretes, e fazer rápidas intervenções, anunciando o horário, o nome e o prefixo da rádio, dando pequenas notícias e chamando os intervalos. Este modelo serviu de base para a remodelação de toda a rádio Tamoio, que foi a primeira emissora carioca totalmente musical. Somente algum tempo depois, surgiram outras AMs musicais, como a Mundial e a América 1. E, somente nos anos 70, as FMs adotaram oficialmente o radialismo musical, que se tornou o modelo para todas as boas FMs, desde então.

Tags: josé mauro radio tamoio musical em am

URL:
More by this User
Most Viewed
Previous Page Next Page
Humberto Mauro
Humberto Mau...
 
 
 
Previous Page Next Page