Um_bocadinho_mais

+12

No comments posted yet

Comments

Slide 1

Susana Pinhal - Outubro 2009 1

Slide 2

2 Num dia de muito Sol e poucas nuvens, um elefante espampanante teimou em subir a uma árvore grande que se encontrava no meio de uma montanha. E tanto tentou, que por fim conseguiu. “Se um elefante se balança sobre uma teia de aranha, porque não hei-de balançar-me num ramo na montanha?”, pensou, entusiasmado.

Slide 3

3 E tanto balançou que o ramo se partiu. O elefante acabou por rebolar pela montanha abaixo, magoando-se numa das suas quatro patas. O estrondo foi tal que todos os animais da montanha, da savana, da floresta, do deserto, do rio e do Pólo Norte ficaram a saber que um elefante tinha caído de uma árvore. Alguns correram a socorrê-lo.

Slide 4

4 A primeira a chegar foi uma zebra. Andava por ali a pastar na savana e chegou a tempo de ver a nuvem de pó que o elefante levantou ao cair. - Precisas de ajuda, amigo? - perguntou alarmada

Slide 5

5 Ai, sim, zebrinha, zebrita, ajuda-me a levantar, porque parti uma patita e não consigo caminhar! E a zebra disse: - Não te preocupes, amigo, às vezes isso acontece. Eu carrego-te sozinha e levo-te para casa.

Slide 6

6 Então, a zebra reuniu todas as suas forças e tentou carregar o elefante. Por mais que tentasse, não conseguiu. - És um elefante muito espampanante. Para poder levantar-te faz falta outro ajudante.

Slide 7

7 Nisto apareceu um macaco vindo da selva. - Precisas de ajuda, amigo? - Ai, sim, macaquinho, macaquito, ajuda-me a levantar, porque parti uma patita e não consigo caminhar! A zebra já tinha tentado, mas eu sou muito pesado. E o macaco respondeu: -A zebra não consegue sozinha mas nós os dois juntos, talvez. Eu sou muito forte e a minha força pode conseguir algo, desta vez.

Slide 8

8 Então, a zebra e o macaco reuniram todas as suas forças e tentaram carregar o elefante. Mas por mais que tentassem, não conseguiram. - És um elefante bastante espampanante. Para poder levantar-te faz falta outro ajudante.

Slide 9

9 Nisto, chegou um camelo vindo do deserto. - Precisas de ajuda amigo? – perguntou ao elefante - Ai, sim, camelo, camelito, ajuda-me a levantar, porque parti uma patita e não consigo caminhar! Estes dois já o tinham tentado, mas eu sou muito pesado. E o camelo disse: - Os dois não conseguiram mas agora os três , talvez. Eu sou muito forte e a minha força pode conseguir algo desta vez.

Slide 10

10 Então, a zebra, o macaco e o camelo reuniram todas as suas forças e tentaram carregar o elefante. Por mais que tentassem, não conseguiram. - És um elefante muito espampanante. Para poder levantar-te faz falta outro ajudante.

Slide 11

11 Nisto chegou um hipopótamo, vindo da margem do rio. - Precisas de ajuda amigo? – perguntou ao elefante - Ai, sim, hipopótamo, hipopótamozito, ajuda-me a levantar, porque parti uma patita e não consigo caminhar! Já eles os três o tinham tentado, mas eu sou muito pesado. E o hipopótamo disse: - Os três não conseguiram mas agora os quatro , talvez. Eu sou muito forte e a minha força pode conseguir algo desta vez.

Slide 12

12 A zebra, o macaco, o camelo e o hipopótamo reuniram todas as suas forças e tentaram carregar o elefante. Por mais que tentassem, só conseguiram movê-lo um bocadinho. - És um elefante muito espampanante. Para poder levantar-te faz falta outro ajudante.

Slide 13

13 Nisto chegou um pinguim, vindo do Pólo Norte. - Precisas de ajuda amigo? – perguntou ao elefante - Ai, sim, pinguim, pinguinzito, ajuda-me a levantar, porque parti uma patita e não consigo caminhar! Já eles os quatro o tinham tentado, mas eu sou muito pesado. E o pinguim disse: - Os quatro não conseguiram mas agora os cinco, talvez. Eu sou muito forte e a minha força pode conseguir algo desta vez.

Slide 14

14 A zebra, o macaco, o camelo, o hipopótamo e o pinguim reuniram todas as suas forças e tentaram carregar o elefante. Fartaram-se de tentar e quase conseguiram, mas desistiram de tão cansados que estavam. - És um elefante muito espampanante. Para poder levantar-te faz falta outro ajudante.

Slide 15

15 Uma formiguinha, que estava na árvore e assistira a tudo, também quis ajudar, mas era tão pequena e tão insignificante que não se atreveu. Por fim, ganhou coragem e disse: - Escutem amigos, talvez eu também possa dar uma ajuda, seríamos seis . Os outros animais não sabiam de onde vinha aquela vozinha até que o pinguim a viu. - Tuuuu? – disse à formiga, num tom trocista. - Como te atreves a meter-te num problema de crescidos? Só podes com uma migalhinha de pão. Ora, não nos faças perder tempo amiguinha. Este é um assunto demasiado sério. Volta para o teu formigueiro

Slide 16

16 Mas a formiga insistiu tanto que o elefante disse: - Ai, sim, formiguinha, formiguita, ajuda-me a levantar, porque parti uma patita e não consigo caminhar! Já eles os cinco o tinham tentado, mas eu sou muito pesado. E a formiguinha disse: - Os cinco não conseguiram mas agora os seis, talvez. Eu não tenho tanta força, mas é um bocadinho mais desta vez.

Slide 17

17 A zebra, o macaco, o camelo, o hipopótamo, o pinguim e a formiguinha reuniram todas as suas forças e tentaram carregar o elefante. Tentaram e tentaram. Voltaram a tentar e, mais uma vez tentaram. E quase conseguiram. Quase, quase, quase até que …Conseguiram mesmo. E exclamaram todos com alegria : - És um elefante muito espampanante mas para ajudar-te não foi preciso um gigante.

Slide 18

18 E agora já sabemos, pela nossa própria experiência, que até um BOCADINHO pode fazer a GRANDE diferença!

URL:
More by this User
Most Viewed