Homilética

+11

No comments posted yet

Comments

Slide 1

1 HOMILÉTICA Evitar. Vídeos sobre uma pregação eficaz. Questionário. Bibliografia. Considerações preliminares. A importância da homilética. Principais regras da homilética. Exemplos de erros que os pregadores devem

Slide 2

2 Homilética Considerações preliminares Definição: Homilética: Princípios e métodos de preparar e pregar sermões. A origem da conversa: A conversa teve sua origem no convívio social iniciado no Édem por Adão e Eva. Eruditos acreditam que primeiro criaram palavras, depois frases e conseqüentemente a conversa.

Slide 3

3 Homilética Considerações preliminares A origem do discurso: Com a multiplicação da humanidade, acredita-se que um dia, em um determinado momento alguém precisou conversar com várias pessoas ao mesmo tempo, surgindo com isso o discurso. O aperfeiçoamento do discurso: Segundo alguns registros históricos, as 02 principais civilizações a se preocuparem com o estudo do ato de falar em público foram os Gregos e os Romanos.

Slide 4

4 Homilética Considerações preliminares A retórica: Foi desenvolvida pelos Gregos devido o sistema político inventado pelos mesmos: “A democracia”, um sistema onde os cidadãos podiam participar diretamente nas deliberações sobre problemas urbanos comuns. Sendo assim o domínio na arte de discursar proporcionava ascensão, progresso, status, respeito e prosperidade. A retórica grega abrangia as esferas políticas e judiciais, nada havia na esfera religiosa. Entre aqueles que se destacaram no estudo e desenvolvimento da retórica grega podemos citar: Córax, Sócrates, Platão e Demóstenes.

Slide 5

5 Homilética Considerações preliminares A oratória: Foi desenvolvida pelos Romanos a partir da retórica grega, devido a grande influência da cultura grega sobre esta civilização. Assim como a retórica Grega a oratória Romana não abrangia a esfera religiosa. Entre aqueles que se destacaram no estudo e desenvolvimento da oratória Romana podemos citar: Cícero e Quintiliano.

Slide 6

6 Homilética Considerações preliminares A homilética: É a adoção de técnicas da retórica grega e da oratória romana na elaboração, pregação dos sermões. As religiões pagãs e o Judaísmo, por serem exclusivistas, quase não se interessaram em aprimorar a arte do discurso. O Cristianismo devido ao seu teor evangelístico universal foi a religião que mais adotou o discurso em sua liturgia. Na idade Média devido a expansão do Catolicismo Romano pelo mundo começou-se a desenvolver a homilética que em seguida foi aprimorada pelos reformadores.

Slide 7

7 Homilética A importância da homilética Desenvolve a arte da expressão. Desenvolve o raciocínio. Contribui com a divulgação e assimilação do Evangelho. - Proporciona satisfação, admiração e simpatia aos ouvintes.

Slide 8

8 Homilética Principais regras da homilética / Inspiração Inspiração. - Discernimento daquilo que Deus quer falar: Através da revelação direta do Espírito Santo. Através de um texto Bíblico. Através de um acontecimento,uma notícia ou uma experiência. Através do conhecimento da situação dos ouvintes. Através de um tema pré- estabelecido.

Slide 9

9 Homilética Principais regras da homilética / Esboço / Conteúdo Esboço. - Organização e desenvolvimento daquilo que foi inspirado: Quanto ao conteúdo os esboços geralmente são organizados em mega-temas como: Vida cristã, batalha espiritual, evangelismo, milagres e maravilhas, etc... Quanto a forma os esboços geralmente são formulados de modo: Temático, textual e expositivo.

Slide 10

10 Homilética Principais regras da homilética / Esboço / Forma . Esboços temáticos: Esboços centralizados em torno de um tema especifico, onde geralmente são utilizadas várias passagens que tratam do mesmo assunto. . Esboços textuais: Esboços centralizados em torno de um texto especifico, onde geralmente são extraídas de forma ordenada várias verdades do texto. . Esboços expositivos: Esboços centralizados em torno do propósito original do texto, onde é exigido um grande domínio da hermenêutica visando explicar o propósito principal do texto.

Slide 11

11 Homilética Principais regras da homilética / Esboço / Estrutura Quanto a estrutura os esboços geralmente são estruturados dentro dos seguintes pilares: Título, texto, introdução, frase de transição, explanação e conclusão. . Título: É o nome dado ao sermão. Ele pode ser igual ou referente ao tema. Deve ser atraente e objetivo. . Texto: É a passagem bíblica que servirá com plataforma para a explanação do sermão. Todo sermão deve ter base e fundamentação Bíblica. . Introdução: É o momento em que preparamos a mente e os corações para receberam os princípios que serão revelados no sermão.

Slide 12

12 Homilética Principais regras da homilética / Esboço / Estrutura . Frase de transição: Uma palavra chave que estará presente no enunciado de cada tópico do sermão. Esta frase expressa a forma com que o preletor irá desenvolver seu raciocínio e tem um grande poder didático e pedagógico. . Explanação: É a maior parte do esboço, onde serão anotados os principais tópicos, sub-tópicos, comentários, exemplos e referencias. Levando sempre em consideração as regras hermenêuticas e dissertativas, conteúdo e forma do sermão. . Conclusão: É o momento de recapitularmos de forma sintetizada a idéia ou idéias centrais da mensagem de forma prática e objetiva.

Slide 13

13 Homilética Principais regras da homilética / Pregação / Espiritualidade Pregação. - Exposição espiritual e retórica do esboço: Quanto a espiritualidade, deve ser executada com: . Fé. Convicção do que esta sendo exposto. . Experiência. Praticar o que se prega. . Sensibilidade. Discernimento entre o que foi preparado e o que deve ser ministrado. . Amor. É o maior dom, tudo se resume no amor.

Slide 14

14 Homilética Principais regras da homilética / Pregação / Comportamento Quanto ao comportamento, deve ser executada com: . Relevância. Escolha roupas e vocabulário relevantes aos seus ouvintes. . Modéstia. Evite roupas, acessórios e comportamento extravagantes. . Educação. Cuidado com palavras ou frases de baixo calão. . Boa verbalização. Boa leitura, dicção, entonação da voz, conter cacoetes, interação moderada, etc... . Boa postura. Movimentar-se com moderação, olhar para todos os ouvintes, conter cacoetes, interação moderada, etc...

Slide 15

15 Homilética Principais regras da homilética / Pregação / Comportamento . Naturalidade. Transitar entre as anotações do esboço de forma imperceptível. . Boa administração do tempo. Manter uma distribuição nivelada quanto aos tópicos do esboço e o tempo concedido para pregação. . Equilíbrio entre a objetividade e a alegoria. Devemos utilizar comparações, frases e ilustrações com moderação.

Slide 16

16 Homilética Exemplos de erros que os pregadores devem evitar Síndrome do papagaio: - Mania de repetir “chavões” desprovidos de base Bíblica: Crente que tem promessa não morre! . Geralmente as promessas são condicionais: Deuteronômio 28:1-2, Lucas 24:49, Atos 2. Só morremos quando chegar a hora! . Atitudes imprudentes podem abreviar nosso período de vida neste mundo. Eclesiastes 7:17, Provérbios 10:27, Mateus 4:7, Thiago 4:13-15.

Slide 17

17 Homilética Exemplos de erros que os pregadores devem evitar Crê no Senhor Jesus e será salvo, tu e a tua casa! . Nem todas as promessas são doutrinas: Atos 16:31, 1 Coríntios 7:12-16. Como diz a Bíblia: Não cai uma folha de uma árvore, se não for vontade de Deus! . Nem todos “chavões” evangélicos, são versículos bíblicos.

Slide 18

18 Homilética Exemplos de erros que os pregadores devem evitar Síndrome da maritaca: - Mania de pronunciar “chavões” de forma estridente, visando manipular os ouvintes: Quantos vieram buscar uma beençãoooo? . Com raras exceções o objetivo maior do culto é a adoração a Deus. Tem fogo aí irmão! . O culto cristão não deve ser transformado em uma espécie de “show de talentos”. Crente que não faz barulho esta com defeito! . Segundo Paulo aos Coríntios, muito barulho num culto publico é sinal de imaturidade.

Slide 19

19 Questionário Assinale com "X" as alternativas corretas. 1. Umas das definições da homilética: a) [ ] Princípios e métodos de dança. b) [ ] Princípios e métodos de canto. c) [ ] Princípios e métodos de interpretação. d) [ ] Princípios e métodos de pregação. 2. Nasceu quando os pregadores cristãos começaram a aprimorar suas mensagens com as técnicas da retórica e da oratória: a) [ ] O discurso. b) [ ] A homilética. c) [ ] A hermenêutica. 3. As 02 civilizações que mais desenvolveram técnicas de discurso foram: a) [ ] Hebreus e os Persas. b) [ ] Egípcios e Babilônicos. c) [ ] Gregos e Romanos.

Slide 20

20 Questionário Assinale com "X" as alternativas corretas. 4. Sermão onde são extraídos princípios de uma porção da Bíblia: a) [ ] Expositivo. b) [ ] Textual. d) [ ] Temático. 5. O maior elemento estrutural do sermão: a) [ ] Introdução. b) [ ] Texto. c) [ ] Explanação. 6. Não é uma das principais regras da homilética: a) [ ] Inspiração. b) [ ] Esboço. c) [ ] Abrir a Bíblia aleatoriamente e pregar. d) [ ] Pregação.

Slide 21

21 Questionário Marque "C" para Certo e "E" para errado. 7. [ ] A homilética ajuda o pregador, proporcionando a satisfação, admiração e simpatia dos ouvintes. 8. [ ] A homilética tem sua raiz no “discurso”, que surgiu após a criação das palavras, que se transformaram em frases, proporcionando o dialogo e o discurso. 9. [ ] A retórica são técnicas de discurso Romanas. 10. [ ] A oratória são técnicas de discurso Gregas. 11. [ ] A “síndrome do papagaio” é a mania de repetir “chavões” desprovidos de base Bíblica. 12. [ ] A “síndrome da maritaca” é a mania de pronunciar “chavões” de forma estridente, visando manipular os ouvintes.

Slide 22

22 BIBLIOGRAFIA Bíblias de estudo: Pentecostal, Genebra e Aplic. pessoal. Manual do curso básico de teologia do IBADEP. Ouvindo Deus na tormenta, Max Lucado, CPAD. A Bíblia é a maior, Laércio Pereira, Mepan. Mais erros que os pregadores devem evitar, Ciro Sanches Zibordi, CPAD. Diversos sites da Internet.

Slide 23

23 FIM Autor: José Antonio de Camargo Filho (Pr. Téo). Fone: (43) 9924-6369 MSN: pastorteo@vidanova.info E-mail: pastorteo@vidanova.info Site: www.vidanova.info Blog: www.prteo.blogspot.com

Summary: Módulo do Estudo Teológico Básico elaborado pelo Pastor Téo da Comunidade Evangélica Vida Nova - Londrina - PR.

Tags: vida nova estudo biblico teología teo pastor

URL: