tipos de leitura

+232

No comments posted yet

Comments

neusaksa (1 year ago)

Olá, como podemos adquirir este material?

Crisgranela (3 years ago)

Preciso desses slides para Formação continuada vc poderia mandar p mim. crisgranela@hotmail.com Grata

deboracarvalho (4 years ago)

Olá, adorei seu material e gostaria de poder contar com ele na disciplina de ministro no curso técnico em administração na cidade de Ouro Preto. citando a fonte SEMPRE. poderia mandá-lo para mim? ddcobras@yahoo.com.br Abraço e sucesso

lilaby (4 years ago)

Oi Diana, adorei...sou professora universitária e gostariade pedir p/ me enviar sua apresentação, gostaria de usar em minhas aulas (citando a fonte, claro) toolidiomas@yahoo.com.br

Slide 2

Ler... Ler significa eleger, escolher, conhecer, interpretar, decifrar Ler significa distinguir os elementos mais importantes daqueles que não o são e, depois, optar pelos mais representativos e mais sugestivos – Salvador.

Slide 3

Ler... Leitura propicia a ampliação do conhecimento, abre horizontes na mente, aumenta o vocabulário permitindo melhor entendimento do conteúdo das obras. Objetivos básicos: aprofundamento de estudos, aquisição de cultura geral.

Slide 6

Entretenimento ou distração Visa o divertimento, passatempo, sem maiores preocupações com o aspecto do saber. Desperta no leitor o hábito da leitura. Ex: alguns tipos de periódicos e de obras literárias.

Slide 7

De cultura geral ou informativa Tomar conhecimento do que ocorre a volta , mas sem grande profundidade. Engloba trabalhos de divulgação, livros, revistas e jornais.

Slide 8

De aproveitamento ou formativa Finalidade de aprender algo de novo ou aprofundar conhecimentos anteriores. Exige atenção e concentração e ser efetuada em livros e revistas especializados.

Slide 9

VEGA propõe as seguintes operações de leitura: Reconhecer – entender o significado dos símbolos gráficos utilizados no texto. Organizar – entrosar o significado das palavras na frase, parágrafos, capítulos, etc. Elaborar – estabelecer significados adicionais em torno do significado original dos símbolos gráficos utilizados no texto. Valorar – comparar os dados da leitura com os meios ideais, conceitos e sentimentos, a fim de aceitar ou refutar as afirmações ou supostas verdades.

Slide 10

O que se deve ler... O primeiro passo é identificar o material para leitura: O título: estabelece o assunto e , às vezes, a intenção do autor. A data da publicação: para certificar-se da atualização ou aceitação (nº de edições), a não ser que seja uma obra clássica. A ficha catalográfica: verificar as credenciais ou qualificações do autor.

Slide 12

O que se deve ler... A “orelha”: onde, geralmente se encontra uma apreciação da obra. O sumário: para se ter uma idéia da divisão e tópicos abordados. A introdução ou prefácio: procurando encontrar indícios da metodologia e objetivos do autor. A bibliografia: final e as citações de rodapé – tendo em vista as obras consultadas Deve-se também olhar uma página ou outra a fim de se verificar a abordagem do autor. Se a obra for de interesse assinalar para futura utilização.

Slide 14

Como se deve ler... Para Salomon, o bom leitor é aquele que: Lê com objetivo determinado. Lê unidades de pensamento. Tem vários padrões de velocidade. Avalia o que lê. Possui bom vocabulário. Tem habilidades para conhecer o valor do livro.

Slide 15

Sabe quando deve ler um livro até o fim, quando interromper a leitura definitiva ou periodicamente. Discute freqüentemente com os colegas o que lê. Adquire livros com freqüência e cuida de ter uma biblioteca particular. Lê vários assuntos. Lê muito e gosta de ler. O bom leitor é aquele que não é só bom na leitura, não somente lê, mas sabe como ler.

Slide 16

Leitura proveitosa Atenção – aplicação cuidadosa da mente em determinado objetivo a fim de entender e assimilar os conteúdos. Intenção – interesse ou propósito de conseguir algum proveito intelectual através da leitura.

Slide 17

Leitura proveitosa Reflexão – consideração e ponderação sobre o que se lê, observando todos os ângulos, tentando descobrir novas perspectivas e relações. Espírito critico – avaliação de um texto, implica aprovação ou não das colocações. Significa não admitir idéias sem analisar, ponderar.

Slide 18

Leitura proveitosa Análise – divisão do tema no numero maior de partes possíveis, determinação das relações entre elas e entender sua organização. Síntese – reconstituição das partes decompostas pela análise e resumo dos aspectos essenciais, deixando de lado os argumentos secundários, mas dentro de uma lógica de pensamento. Velocidade – certo grau de velocidade, mas com eficiência, é necessário. Em virtude da explosão bibliográfica deve-se aprender a ler rápido para se tomar conhecimento de novas teorias, idéias etc.

Slide 19

Problemas a serem evitados na leitura 1. Dispersão do espírito – falta de concentração, deixando a imaginação divagar. A formação intelectual consiste em disciplina da mente.

Slide 20

Problemas a serem evitados na leitura 2. Inconstância – o trabalho intelectual sem perseverança não atinge o objetivo, não chega a nada concreto.

Slide 21

Problemas a serem evitados na leitura 3. Passividade – leitura sem trabalho da mente, reflexão ou discussão impede o progresso intelectual.

Slide 22

Problemas a serem evitados na leitura 4. Excessivo espírito critico – preocupação exagerada em censurar, criticar, refutar ou contradizer prejudica o raciocínio lógico.

Slide 23

Problemas a serem evitados na leitura 5. Preguiça – em procurar esclarecimentos de coisas desconhecidas contidas no texto. Sem a compreensão da terminologia especifica é difícil entender um texto.

Slide 24

Problemas a serem evitados na leitura 6. Deslealdade – distorção do pensamento do autor. Quando há má fé ou se falsificam as idéias contidas num texto, compromete-se o caráter cientifico de qualquer obra.

Slide 26

Harlow apresenta cinco tipos de leitura: Scanning – procura de um certo tópico da obra, utilizando o sumário ou a leitura de algumas linhas, parágrafos, visando encontrar palavras-chave.

Slide 27

Harlow apresenta cinco tipos de leitura: 2. captação da tendência geral, sem entrar em minúcias, valendo-se dos títulos, subtítulos, ilustrações, gráficos e tabelas. A palavra skim tem a mesma origem da palavra escumadeira, aquele tipo de colher cheia de orifícios que você passa sobre a superfície de um líquido para retirar resíduos, espuma, nata etc. Essa estratégia, metaforicamente, significa passar uma escumadeira na superfície do texto para retirar o sentido geral

Slide 28

Harlow apresenta cinco tipos de leitura: 3. Do significado – visão ampla do conteúdo, principalmente do que interessa, deixando de lado os aspectos secundários.

Slide 29

Harlow apresenta cinco tipos de leitura: 4. De estudo – absorção mais completa do conteúdo e de todos os significados, devendo ler, reler, utilizar o dicionário e fazer resumos.

Slide 30

Harlow apresenta cinco tipos de leitura: 5. Critica – estudo a formação do ponto de vista sobre o texto, comparando as declarações do autor com conhecimentos anteriores

Slide 31

Dúvidas ???

Slide 32

A mente é como um pára-quedas, funciona melhor quando aberta...

Summary: tipos e espécies de leitura

Tags: leitura

URL:
More by this User
Most Viewed