Sintonia e Vibração

0

No comments posted yet

Comments

Slide 1

Sintonia e Vibração 20/01/19 15:16:37 Pesquisa e Formatação Música: Reverence-Michel Pépé Transição manual dos Slides HELIO CRUZ

Slide 2

Tudo no universo opera através de vibração. Nosso corpo é constituído de átomos, que são cercados por elétrons que giram em velocidades tão grandes que os cientistas não conseguem saber onde o elétron está em determinado momento. O que significam as tão citadas palavras “sintonia” e “vibração” nas Casas Espíritas? Em Física, uma vibração é o movimento de um ponto oscilando em torno de outro ponto de referência. O exemplo de vibração mais simples e clássico é o movimento de vaivém que executa o pêndulo de um relógio de parede, lentamente. Pois bem, esta é uma característica de todos os fluidos, quer se expressem como matéria grosseira ou eterizada, ou seja, uma mistura de ar e vapor de éter. O movimento vibratório é representado por uma onda, que possui um comprimento e uma frequência peculiares para o tipo de fluido que lhe deu origem.

Slide 3

Ou seja, quando se deslocam no espaço, os fluidos não o fazem de forma contínua, mas executam movimentos internos de vaivém, com comprimentos de onda e frequência específicos. Assim, estamos todos mergulhados em um oceano de ondas, provenientes de tudo a nossa volta, pois até mesmo partículas elementares do átomo, como os prótons e elétrons, ao se deslocarem, originam uma onda associada. Até mesmo nosso cérebro é um emissor de ondas mentais, pois que o pensamento é matéria sutilíssima produzida pela mente, sob o comando do Espírito. Dessa forma, os nossos lares, os ambientes de trabalho, os locais onde se realizam cultos religiosos e de outros tipos, ficam com suas atmosferas marcadas pelas formas-sentimento e formas-pensamento que comumente ali são expressadas.

Slide 4

Quem penetrar em um desses ambientes, inconscientemente ou não, se sentirá inclinado a sintonizar-se psiquicamente com as vibrações ali caracterizadas, sejam agradáveis ou desagradáveis. Porém, a vibração que gostaria de enfatizar aqui é Vibração Espiritual, que é aquela que estamos acostumados a ouvir nas Casas Espíritas, quando ao término de um trabalho se costuma dizer: "vamos vibrar em favor daqueles que necessitam", ou, "fulano... fará as vibrações de hoje...", e assim por diante. Mas essas vibrações não são tão diferentes daquela da física. Podemos dizer que o som produz uma vibração, assim como a luz, a energia, as ondas de rádio e tantos outros. As ondas emitidas se propagam em todas as direções e faz com que sejam sentidas, captadas por aqueles que estejam no seu campo de ação.

Slide 5

Por exemplo, as ondas de rádio são transmitidas a partir de um aparelho transmissor que deverá ser captada por um outro aparelho chamado receptor. Assim também acontece com as ondas mentais emitidas pelo ser humano. Sintonia é a identidade vibratória das emissões mentais de dois ou mais espíritos, encarnados ou desencarnados. Sendo assim, estarão em sintonia vibratória as pessoas e espíritos que tiverem os pensamentos e sentimentos semelhantes, pois os fluidos que emanarem de ambos terão comprimentos de onda e frequência semelhantes também. Nosso cérebro é como um aparelho emissor e receptor de ondas mentais. O pensamento é um fluxo energético do campo espiritual, é matéria mental, rarefeita, que se comporta como energia. Isso se processa por meio da Sintonia.

Slide 6

Sintonia é a harmonia vibratória, advinda de pensamentos, sentimentos e ideias semelhantes. É afinidade moral. Um exemplo é o que costumamos dizer: "Fulano está em perfeita sintonia com sua companheira", ou "Nosso Grupo trabalha em perfeita sintonia". A sintonia ocorre quando as pessoas envolvidas se afinizam, ou seja: estão no mesmo padrão vibratório, ou estão harmonicamente sintonizados, ou ainda, os pensamentos e sentimentos são semelhantes. Então, o que vem a ser padrão vibratório? Nada mais é que o padrão moral do espírito. Assim, sabendo-se de todas essas definições podemos dizer que os indivíduos encarnados e os desencarnados vibram constantemente entre si. Estão em sintonia constante, embora nem sempre saibam disso. Mas como? Então os desencarnados vivem ao nosso lado todo o momento?

Slide 7

É mais ou menos isto, e é o motivo pelo qual devemos estar sempre preparados, em harmonia e sintonizados com espíritos mais evoluídos, de luz, que nos possam trazer influências benéficas sempre. Sabemos que a mediunidade nada mais é que a capacidade de sintonia entre o mundo carnal e o espiritual. Então, se todos nós estamos em sintonia com os espíritos diariamente, logo, podemos concluir que todos somos médiuns? Mais ou menos. As sintonias por afinidades fazem com que os espíritos influenciem em nossa vida, mas há aqueles que estão mais próximos, mais afinados com os espíritos que os outros e que desenvolvem a capacidade de estar em contato mais amplo com os desencarnados e são por estes utilizados para o trabalho espiritual ou para as comunicações mediúnicas.

Slide 8

Para que possamos entender melhor isto, vamos ver o que diz o escritor e estudioso Carlos Toledo Rizzini, em seu livro "Evolução para o Terceiro Milênio": "O princípio de sintonia estabelece uma dependência entre encarnados e desencarnados quando ambos estão perturbados e emitindo vibrações viciadas. Estas retêm os menos vigorosos ou mais transtornados. A identidade vibratória inferior, no caso de ódio, ressentimento, tristeza, desânimo etc., prende os desencarnados mais ou menos inconscientes do seu estado na aura magnética dos encarnados. Ocorre, assim, influência recíproca, troca de pensamento e sentimentos, e, portanto, obsessão bidirecional. Comumente, por esse mecanismo, parentes e amigos mortos há anos continuam a conviver com antigos companheiros".

Slide 9

Como vimos, é aí que ocorre grande parte dos desequilíbrios domésticos. A sintonia dos encarnados com os desencarnados, vibrando num mesmo padrão. Por este motivo devemos, então, nos preparar sempre, para estar em sintonia com bons pensamentos e nos comportarmos cada vez mais dentro da boa moral, porque não sabemos quem nos observa e o que pode vir a nos sugerir. As vibrações boas irão atrair companhias boas e consequentemente estaremos com nosso padrão de energia vibratória direcionada para o bem. Não custa lembrarmos sempre dos ensinamentos do Cristo: Orai e vigiai, sempre, porque assim, estaremos nos precavendo de possíveis problemas, que nós mesmos poderemos estar causando à nossa vida.

Slide 10

Uma boa vibração fará com que haja uma sintonia com as boas influenciações e com isso estaremos equilibrados e em perfeita harmonia. É preciso lembrar que os bons espíritos sempre emitem boas vibrações, mas apenas as capta aquele que vibrar junto com elas, aquele que estiver em perfeita sintonia. A mente é o espelho da vida em toda a parte. Ela pode ser interpretada como o campo da consciência desperta na faixa evolutiva, em que o conhecimento adquirido opera; reconhece-se que o cérebro é o centro de suas ondulações, que gera a força do pensamento que tudo move, criando e transformando, destruindo e refazendo para purificar e sublimar. Em todos os domínios o Universo vibra, pois, a influência é recíproca. Tudo se desloca e renova sob os princípios de interdependência e repercussão. ·

Slide 11

O reflexo esboça a emotividade. · A emotividade plasma a ideia. · A ideia determina a atitude e a palavra que comandam as ações. Ninguém permanece fora de movimento de permuta incessante. O que é então o pensamento? É o raciocínio, ou reflexão, ou o modo de sentir de alguém; é uma força construtora que molda a matéria, organizando formas abstratas ou concretas. Por meio de pesquisas científicas e do conceito filosófico, constatou-se que a força do pensamento e a vontade são elementos plásticos e organizadores. O homem tem ao alcance da mão uma energia obediente à sua vontade, ligada ao seu potencial imaginativo, capaz de atuar exteriormente e influir sobre pessoas e ambientes. O desejo realiza-se na ideia, que deve ser firme.

Slide 12

A ideia ou imagem é a lembrança de sensações simples e associadas. Existem tantos agregados de imagens, quantos os sentidos que se possuem. Exemplo: Imagens visuais, auditivas, táteis, gustativas, motrizes, olfativas etc. Essas imagens constituem-se na "matéria-prima" de todas as operações intelectuais. A memória, o raciocínio e a imaginação são fenômenos psíquicos, que coordenam as imagens, fazer um blog interpretando seus significados, redistribuindo-as em novos grupos, com novas correlações mais ou menos originais ou complexas, segundo a maior ou menor potência intelectual do indivíduo. Reeducar a maneira de pensar é uma tarefa extremamente delicada, que demanda renúncia, vigilância,

Slide 13

... domínio de si mesmo, modificação das expressões verbais e mentais, em luta constante com as sombras, amplamente atraídas pela criação mental viciosa, do cotidiano. O pensamento converte-se em atos, pois a realidade dessa criação pode não se exteriorizar, de súbito, no campo dos efeitos transitórios, mas o objeto formado pelo poder mental vive no mundo íntimo, exigindo cuidados especiais para o esforço de continuidade ou extinção. Energia Mental Formas Pensamento: É energia mental que condensa os pensamentos irradiando sob o campo vibratório e se movimentando de forma extrafísica, corporificando as ideias em formas-pensamento. São formas temporárias, mas poderosamente vivificadas, dirigidas, e até mesmo, materializadas. Essa energia mental retrata sempre como imagens vivas,

Slide 14

... as emoções e os sentimentos do espírito humano, encarnado ou desencarnado, sob as mais nítidas e diferenciadas características de forma, cor, som, densidade, peso específico, velocidade, frequência vibratória e capacidade de permanência. Isto significa que as emoções e os sentimentos humanos impregnam e magnetizam o campo energético das vibrações do pensamento, por via de processo de superenergização, no qual uma espécie de energia poderosamente ativa, colora e qualifica a outra espécie de energia, sem com ela fundir-se ou confundir-se e sem que haja entre elas a possibilidade de mútua conversão. Sabe-se hoje que os sentimentos são os responsáveis pelas características vibratórias dos pensamentos, ou seja, em sua origem os pensamentos são neutros, mas recebem o “tom vibratório” dos sentimentos que lhes dão ...,

Slide 15

... um “colorido” específico, uma espécie de impressão digital do Espírito que é o emissor dos pensamentos. Dessa maneira, podemos facilmente deduzir de tudo o que expusemos até aqui, que a sintonia vibratória é a expressão física da afinidade espiritual entre as criaturas filhas de Deus, ou seja, decorrem de suas características morais, quais sejam: seus gostos; seus ideais; sua maneira de ver o mundo, as pessoas e Deus; sua forma de agir; seus sentimentos; etc. Não há como evitarmos o fenômeno de sintonia. A todo o momento, estamos em sintonia vibratória com outras mentes, encarnadas ou desencarnadas. Temos, portanto, as companhias espirituais que se ajustam àquilo que somos e fazemos, automaticamente. Compreender o fenômeno de sintonia vibratória e aceitá-lo por natural e inevitável,

Slide 16

... ajuda-nos a melhor compreender os fenômenos mediúnicos e as obsessões em geral. Imaginemos alguém que, com um perfume muito forte, permanece determinado tempo em ambiente fechado. A fragrância do seu perfume irá se espalhar pelo ambiente, que ficará impregnado, durante algum tempo, com o odor característico. Da mesma forma, o resultado do que pensamos e sentimos, fica indelevelmente plasmado naqueles ambientes que mais costumamos frequentar. Assim, os nossos lares, os ambientes de trabalho, os locais onde se realizam cultos religiosos e de outros tipos, ficam com suas atmosferas marcadas pelas formas-sentimento e formas-pensamento que comumente ali são expressadas. Quem penetrar em um desses ambientes, inconscientemente ou não, se sentirá inclinado a sintonizar-se psiquicamente ...

Slide 17

... com as vibrações ali caracterizadas, sejam agradáveis ou desagradáveis. Por outro lado, se alguém com um perfume muito forte nos abraça, inevitavelmente herdaremos o odor que dessa pessoa é emanado, seja ele prazeroso ou não. Da mesma forma que o perfume alheio nos invade a atmosfera pessoal, as vibrações espirituais de quem nos abraça também nos invadem a organização íntima, nem que essa troca energética se processe - e também se conclua - em poucos segundos, tempo necessário para que as defesas energéticas da aura administrem a invasão energética. Em resumo, estamos sempre marcando, com a "nossa fragrância espiritual", as pessoas e os ambientes com os quais convivemos e, ao mesmo tempo, recebendo a suas influências.

Slide 18

Quando e se, as nossas defesas espirituais estiverem em boa forma, assimilaremos apenas o que nos for positivo e rechaçaremos o que não for. Esse processo é inconsciente, como também o é o da defesa orgânica que os anticorpos promovem em nosso corpo, sempre que necessário. É tudo tão rápido que o cérebro físico-transitório não dá conta, apesar de ser ele que administra todo o processo, como também o faz, a nossa mente espiritual, quando o caso se relaciona com as vibrações de terceiros que nos invadem o espírito. É importante perceber que, uma simples troca de olhares, um aperto de mão, um abraço, uma relação sexual, por exemplo, são situações em que a troca energética acontece, independentemente de querermos ou não. Quando a nossa resultante de defesa vibratória é positiva, normalmente assim o é ...

Slide 19

... nas pessoas que tem bom ânimo, não se deixam entristecer pelos fatos, são disciplinados no campo da oração e/ou meditação etc., pouco nos invade a energia alheia, se isto for nos servir de transtorno ao nosso equilíbrio energético. Ao contrário, se estivermos em baixa condição de defesa energética, tal qual um prato de alimento estragado que inapelavelmente irá causar 'estragos" no nosso organismo, a energia deletéria alheia nos desarmonizará durante pouco ou muito tempo, conforme for a nossa capacidade psíquica-espiritual em restabelecer o equilíbrio que nos caracteriza, seja ele de que nível for. As crianças pequenas que sequer andam, normalmente tem energia passiva, e sofrem um bocado quando ficam "passando de braço em braço", recebendo verdadeiras descargas energéticas que normalmente lhes causam ...

Slide 20

... desequilíbrios de toda ordem. Se os pais terrenos disso soubessem, outras seriam as suas posturas em relação a permitirem que seus filhos andem de "braço em braço". Portanto, estamos a todo momento, trocando energia com as pessoas e com os ambientes que nos rodeiam. O equilíbrio, leia-se saúde espiritual de cada um, é o único antídoto a impedir que as vibrações negativas, alheias à nossa organização espiritual, penetrem no nosso íntimo. Kardec nos orienta nas obras da Codificação Espírita a enriquecer o pensamento pela aquisição de conhecimentos (desenvolvimento da inteligência) e pela edificação dos sentimentos (desenvolvimento moral). Saber conviver sem sintonizar com a energia de terceiros é postura que somente os mestres de si mesmos conseguem plasmar na difícil coexistência com os demais.

Slide 21

Ao contrário, se a toda hora temos a sensibilidade pessoal invadida por problemas e influências de outras pessoas e/ou situações, ficamos sempre à mercê dos "outros nos deixarem" ficar em paz. Assim, a nossa paz íntima dependerá dos outros, jamais de nós próprios; o nosso controle será sempre refém do descontrole alheio; a nossa fragrância espiritual estará sempre mesclada com a dos outros; enfim, dificilmente conseguiremos ser donos de nossa própria vida. Se pretendemos ser os arquitetos e atores da nossa própria caminhada evolutiva é mister que cuidemos do nosso equilíbrio espiritual, escolhendo quando e como sintonizar com as vibrações alheias, seja em uma conversa, em um convívio mais íntimo, numa palestra, enfim, numa simples leitura, como é o caso que ora ocorre, pois, até o que lemos pode nos ser motivo de enriquecimento ..

Slide 22

... ou de desarmonia interior, já que é vibração que nos penetra a alma. Lembremo-nos de que: a soberania espiritual passa necessariamente pelo controle das emoções; a saúde do nosso corpo dependerá da qualidade do que nos alimentamos; o equilíbrio do nosso espírito depende e, em muito, do que nos permitimos sintonizar, através dos sentidos. Afinal, se a massa e energia são aspectos de um mesmo padrão existencial, sintonia e vibração formam o elo entre toda a massa e energia que existe, independente das formas transitórias que venham a assumir. Melhoremos a nossa vibração pessoal e eduquemos os nossos padrões de sintonia. Isto feito, estaremos despertando no nosso íntimo, a grande herança que recebemos do Pai Celestial. Sempre é bom lembrar dos ensinamentos do Apóstolo Paulo aos Filipenses (Paulo, Cap. 4, v. 8),

Slide 23

... que diz: "Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude e se há algum louvor da disciplina, seja isto o objeto dos vossos pensamentos." Esse conselho apresenta sublime conteúdo, ao qual devemos seguir, sempre para que nossos pensamentos sejam de paz, harmonia, equilíbrio e amor. Muita Paz! Visite o meu Blog: http://espiritual-espiritual.blogspot.com.br A serviço da Doutrina Espírita; com estudos comentados, cujo objetivo é levar as pessoas a uma reflexão sobre a vida. Leia Kardec! Estude Kardec! Pratique Kardec! Divulgue Kardec!

Summary: Mensagem espírita

URL:
More by this User
Most Viewed