Dois Poemas_Graciette Salmon

0

No comments posted yet

Comments

Slide 1

DOIS POEMAS de GRACIETTE SALMON

Slide 2

Lembra suave toque no marfim de um piano solitário, em gesto breve; lantejoilas caindo no cetim, folhas mortas rolando sobre a neve. “É ASSIM”

Slide 3

Lembra a nuvem silente no sem fim do céu azul fugindo, branca e leve; eco apagado, débil som, enfim, que se erguer em suspiro não se atreve.

Slide 4

Sutil, despercebida como passa, lembra o traço ligeiro de fumaça que à paisagem se funde e ninguém vê.

Slide 5

É assim - imperceptível, mas cravada dentro do coração, como uma espada a saudade que eu tenho de Você.

Slide 6

Uma cartinha tua! Em minha mão, como ave assustada, ela estremece, qual se de dentro de si a mim trouxesse palpitante, a fremir, teu coração. “UMA CARTINHA TUA”

Slide 7

Uma cartinha tua! Que emoção! Ao meu redor tudo desaparece e apenas tua imagem permanece para meu culto e minha adoração!

Slide 8

Digo teu nome, como numa prece... ... não sei se é pranto que dos olhos desce, ... não sei se treme a carta ou minha mão.

Slide 9

Imagens: Internet (quadros de Monet, pintor impressionista francês - 1840 – 1926)

Slide 10

Música: E. Cortazar, “Beethoven Silence” Formatação: GinaSF 29-05-2011 4:19

Tags: poema poesia

URL:
More by this User
Most Viewed