Dez Grandes Ideias

0

No comments posted yet

Comments

Slide 1

10 grandes ideias Que nos mudarão a vida Com som

Slide 2

1

Slide 3

1. PETRÓLEO CRIADO EM LABORATÓRIO: O NOVO OURO NEGRO "Petróleo 2.0". Assim se conhece a iniciativa da empresa LS9, dos USA., cujos cientistas alteraram genes de microorganismos para que excretem crude. Trata-se de bactérias E. coli, às quais se alterou o ADN para que gerem este composto, o qual é ligeiramente diferente dos ácidos gordos que estes organismos normalmente produzem. Trata-se de uma fonte renovável de combustível, pelo que os planos da empresa incluem uma fábrica comercial em 2011. De forma similar, a empresa espanhola Bio Fuel System (BFS) também criou um petróleo biológico e renovável. Neste caso, utilizam-se células de microalgas marinhas que se alimentam de luz solar, CO2, fósforo e azoto. Em cilindros de três metros de altura, concentram-se à razão de 200 milhões por centímetro cúbico,dividem-se constantemente, gerando uma biomassa similar à que há 200 milhões de anos deu origem ao petróleo. Diferente do crude normal, esta versão não tem enxofre nem metais pesados ou cor negra. BFS já tem várias plantas de produção deste "biopetróleo" e a meta futura é começar a instalar centrais termoeléctricas que forneçam electricidade a 3.000 vivendas cada uma.

Slide 4

2

Slide 5

2. UMA HORA ENTRE TÓQUIO E NEW YORK O jactot mais veloz - o avião espia SR-71- atinge uma velocidade de Mach 3.3. Mas a nova geração de motores scramjet promete romper todas as barreiras de velocidade com marcas desde sete (Mach 7) a 18 vezes a velocidade do som. A tecnologia destes motores permite que o ar seja comprimido e aquecido antes de ser misturado com o hidrogénio. Esta combustão gera um impulso extremamente potente e deixa apenas un rasto de vapor de água. Com Mach 8, uma viagem entre Tóquio e New York duraria 70 minutos. Em Dezembro, a Nasa realizará a primeira prova do X-51A, desenvolvido pela Boeing e que voará a Mach 5. A agência espacial dos USA desenvolve outro projecto com a empresa Virgin Galactic, pelo que se espera que os primeiros modelos comerciais capazes de levar satélites à órbita terrestre comecem a operar em 2015, enquanto que os desenhos para seis ou 10 passageiros iniciarão os seus voos em 2020. A Rússsia e a sua companhia estatal UABC já planeia o primeiro modelo de 200 passageiros, que viajará entre Moscovo e New York em 45 minutos.

Slide 6

3

Slide 7

3. UM MUNDO SEM CABOS NEM TOMADAS Parece um sonho. Un mundo sem cabos nem tomadas, sem baterias nem pilhas. É o que está a ser desenvolvido a grande velocidade pelos investigadores do MIT e que poderá começar a usar-se dentro de um par de anos. A ideia é que as paredes de uma casa contenham partículas de carbono e um sistema condutor que lhe permita actuar como uma antena electromagnética que transporte através do ar a energia necessária para manter carregados todos os aparelhos: telemóvel, notebook, televisor, lâmpadas. As poupanças serão milionárias: só pilhas produzem-se 40 mil milhões de unidades por ano no mundo. Mais ainda, poder-se-á massificar o uso do automóvel eléctrico, que se carregará enquanto se encontra estacionado em casa.

Slide 8

4

Slide 9

4. UM OLHO BIÓNICO QUE DEVOLVERÁ A VISÃO AOS CEGOS Um olho biónico que promete devolver a visão aos cegos. É o que está a desenvolver a empresa Second Sight, cujo modelo Argus II já obteve resultados surpreendentemente positivos. Um exemplo é um inglês de 73 anos, que perdeu a visão aos 30 e que se submeteu a um implante experimental. Sete meses depois pode ver flashes de luz que lhe permitem reconhecer formas, por exemplo, evitar obstáculos. Argus II usa uma câmara e um processador de vídeo montados en lentes de sol, que captam as imagens e enviam-nas para um pequeno receptor colocado no bordo do olho. Este, por sua vez, envia os dados através de um pequeno cabo a uma série de eléctrodos instalados na retina. Quando estes eléctrodos são estimulados, emitem mensagens ao nervo óptico que as envia ao centro óptico que distingue os padrões de luz e escuridão. Até agora, 18 doentes beneficiaram do olho biónico e estima-se que poderá estar disponível para ser comercializado ainda este ano a um preço de várias dezenas de milhares de dólares.

Slide 10

5

Slide 11

5. AUTOMÓVEIS QUE SE CONDUZEM SOZINHOS A visão e a audiçãoo são imprescindíveiss a um condutor no momento de determinar se outro veículo está muito perto ou se tem espaço suficiente para estacionar. Mas este panorama está a mudar graças ao projecto IntelliDrive, nos USA. Já estão em prova vários protótipos dotados com sensores que detectam os sinais ambientais. Graças a isto, o veículo pode alertar o condutor se o pavimento está molhado, se há um banco de neve no caminho, se o carro que o antecede se move de forma errada ou se respeita os semáforos. Um passo à frente é o que dará a General Motors. O seu modelo Boss (ver foto) dispõe de tecnología GPS, radar e sistemas de guia laser para reconhecer uma rota: o condutor pode dormir enquanto o carro se conduz sozinho. Estarão à venda em 2018.

Slide 12

6 É assim que se geram Células Mãe, ou Células Stem, ou Células Estaminais

Slide 13

6. O CORPO PODERÁ RECUPERAR OS SEUS PRÓPRIOS TECIDOS Na última semana de Setembro, na Cimeirae Mundial de Células Mãe, em Baltimore, a doutora Jennifer Elisseeff, da Universidade de John Hopkins, descreveu um método para reparar os tecidos dos doentes que se tem mostrado cada vez mais exitoso. Trata-se de usar uma malha de um polímero biodegradável impregnado de nutrientes, que actua como um chamariz para atrair as células mãe que o próprio organismo gera. Estas agrupam-se na área danificada e reconstroiem o tecido. Quer dizer, se faltar cartilagem numa articulação afectada por uma artrose, as células mãe acumular-se-ão lá e produzirão nova cartilagem. Num osso fracturado, as células mãe repará-lo-ão de forma acelerada. Num enfarte do miocárdio, recupera-se o tecido morto e o coração manter-se-á saudável por muito tempo. O êxito destas provas levaram o Departamento de Defesa dos USA a financiar por mais cinco anos esta investigação.

Slide 14

7

Slide 15

7. FALAR EM PORTUGUÊS E OUVIREM-NOS NOUTRA LÍNGUA De forma similar à tecnología mostrada na série StarTrek, hoje já é possível falar numa língua e deixar que um dispositivo se encarregue de traduzir em tempo real o que responde a outra pessoa em francês, alemão ou inglês. Existem mais de 20 sistemas comerciais de tradução e um dos mais avançados é o MASTOR, da IBM. A empresa ofereceu mais de 1.000 equipamentos dotados com este software ao exército dos USA no Iraque, que funcionam como um intérprete humano: a pessoa fala em inglês e o seu interlocutor ouve-o em árabe do Iraque. Outro projecto, ainda mais ambicioso, chamado "Exploração Global de Linguagem Autónoma", é desenvolvido pelo Departamento de Defesa dos USA que se propõe dispor em cinco anos de um sistema de tradução em tempo real com uma precisão de 95% (a actual é de 80%).

Slide 16

8

Slide 17

8. UMA SOCIEDADE SEM VICIADOS O uso duma vacina para superar a dependência da cocaína tem entusiasmado os investigadores da U. de Yale nos USA, onde 38% dos dependentes que a tomaram deixaram de sentir prazer ao aspirar a droga. Agora procura-se aumentar a potência da vacina, que actua recobrindo as moléculas da droga, impedindo a estimulação cerebral. En 2011 poderá começar a venda doutra vacina, dirigida à maior das dependências na vida moderna: a nicotina. Espera-se que esta substancia permitirá que os viciados deixem de fumar facilmente, já que a nicotina é o único componente adictivo do tabaco. São quatro doses, cujo preço estimado é de US$ 2.000, o que poderá tornar-se num obstáculo para a sua utilização. Paralelamente e utilizando o mesmo principio, cientistas da Rússia e da China trabalham numa vacina que permita combater a dependência da morfina e da heroína, drogas que tanto prejudicam aqueles países.

Slide 18

9

Slide 19

9. COMBATE À POLUIÇÃO AMBIENTAL Trata-se de um material desenhado pela Universidade de Twente, na Holanda, que contem dióxido de titânio, um químico capaz de catalizar várias reacções químicas quando exposto à luz. Ao usá-lo para pavimentar estradas, esta mistura ajuda a purificar o ar, já que elimina as partículas de óxido nítrico que os tubos de escape dos veículos expelem. Esta substância é um dos principais poluentes do ar e responsável pelas chuvas ácidas. O novo betão ecológico está a ser experimentado num caminho da provincia de Overijssel na Holanda, antes de alargar o seu uso ao resto do país. Outra iniciativa da Holanda e Canadá consiste em instalar plantas industriais en zonas com alta contaminação por CO2, com a finalidade de sequestrar este gás e injectá-lo na terra, em solos porosos e ricos em carvão. Alí, o CO2 combina-se e produz compostos como o amónio e metanol, que se podem reutilizar.

Slide 20

10

Slide 21

10. IMAGENS QUE SAEM DO ÉCRAN Imagine estar sentado em frente do seu televisor e ver o Cristiano Ronaldo correr na sua sala atrás da bola num jogo do Real ou da selecção. Pois é isto mesmo que nos promete a televisão holográfica que está a ser desenvolvida em instituições como a U. do Arizona. Estes aparelhos serão construídos como ecrans planos numa parede. Também se poderão criar painéis horizontais numa mesa, capaz de gerar imagens similares àquela do xadrez que aparecia no Star Wars. O governo japonês está a investir grandes somas de dinheiro e recursos técnicos no desenvolvimento de sistemas virtuais e holográficos para a televisão, pelo que esperam ter a tecnologia disponível em 2020.

URL:
More by this User
Most Viewed