Lição 1 - A Igreja e a Modernidade

+1

No comments posted yet

Comments

Slide 1

Modernidade e a Igreja 1

Slide 2

“Sabe, porém, isto, que nos últimos dias virão tempos difíceis;” II Tm 3. 1

Slide 3

É quase impossível olhar a vida de hoje, sem pensar que vivemos os dias que o Apostolo Paulo cita na sua orientação a Timóteo. A correria e o dinamismo fazem parte da nossa época, a temida e condenada MODERNIDADE, mas, o que é modernidade? Que diferença isto faz para minha vida na Igreja? Ao longo deste estudo vamos buscar responder estas perguntas, com o objetivo de lutar pela Igreja.

Slide 4

I – Modernidade é um movimento que influenciou toda a cultura e maneira de pensar da humanidade, ocorreu tanto nas Artes, como na arquitetura, e também na filosofia, e mais recentemente na Teologia. Dentro das igrejas tem crescido a influencia da modernidade, que pode ser definida pelo o que nosso irmão Paulo chamou de “últimos dias”. Os tempos difíceis, que estes últimos dias se tornaram, seriam marcados por uma série de características, vamos a elas:

Slide 5

1. “Os homens serão amantes de si mesmos” (II Tm 3. 2) –Sem dúvida vivemos a época da autossatisfação, onde as pessoas querem cada vez mais dar a si mesmas tudo que puderem e quiserem.

Slide 6

2. “gananciosos, presunçosos, soberbos” (v 2) – Este, no meu entender, é o maior demonstrativo de que a modernidade é prenuncio dos últimos dias. Homens que só pensam em dinheiro, que se acham donos da verdade e da razão, que vendem e compram pessoas para seus currais religiosos, que não tem humildade para dar a glória a Deus (Rm 1. 21).

Slide 7

3. “blasfemos, desobedientes aos pais, ingratos” (v 2) – A principal característica dos jovens da nossa época, não se incomodam em dizer: ‘não tem nada a ver’ e blasfemam do Deus dos Céus, tratam os pais como se fossem nada, e não sentem por isso.

Slide 8

4. “ímpios, sem afeição natural, implacáveis” (vv. 2, 3) – uma característica que realça o estado de pecaminosidade que a humanidade se encontra, onde o mal já se tornou mais natural do que o bem, e a busca por maldade se tornou implacável.

Slide 9

5. “caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem” (v 3) - e como se não bastasse o naturalidade do mal, é a época que mentiras e requintes de crueldade mostram o quantos tornaram-se inimigos do bem. Cristãos mortos pelos Mulçumanos

Slide 10

6. “traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que de Deus” (v 4) – a sensualidade e a apelação sexual tem sido a principal característica do nossos tempos, em tudo há referencia ao sexo, e cada vez mais tem-se defendido as depravações sexuais, de todo tipo, como reflexo da busca desenfreada por satisfação.

Slide 11

Estas características que Paulo afirma que ocorreriam, não são longe ou fora da igreja, mas dentro do contexto cristão. A modernidade que espanta e faz com que Paulo escreva isto, é o prenuncio do final dos tempos, e há uma possibilidade de que com essa expansão a própria igreja possa deixar de existir. Do que estamos falando pode ser visto claramente, por igrejas que mudaram suas pregações para agradar a alguns ou que permitiram que suas crenças fossem alteradas para parecerem mais agradáveis. Aí mora o perigo, as igrejas abraçaram este movimento e seus conceitos e tem se tornado novas configurações de igreja.

Slide 12

P.1 – Na sua visão que outras características a Modernidade possui dentro das igrejas de hoje? ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Slide 13

II – Como a igreja pode reagir a isto sem perder suas características? Taí uma pergunta que requer todo empenho para responder: Orando e Amando a Verdade. Há poucos dias estive num culto em que o pregador foi o Conferencista Internacional Paul Washer, um homem de Deus, com uma mensagem Bíblica, ele disse: “Se você ficar entediado com o que eu falo, só tem duas possibilidades, ou eu não prego a Verdade, ou você não ama a Verdade” Não há como a ‘verdade’ de hoje e a verdade de Jesus, serem, ao mesmo tempo, compatíveis, ou a pregação da modernidade é verdadeira, ou a pregação de Cristo o é. O grande problema é que hoje não se ama a verdade como se deveria, dezenas de guerras começaram, só para defender uma verdade, Paulo, o Apóstolo, disse que zelava pela ‘verdade’ matando os Cristão e quando conheceu a Verdade, entregou sua vida por ela, e hoje nós temos a presunção de dizer que a verdade é relativa, e que devemos aceitar todas as pregações como se fossem verdades

Slide 14

"Pela fé e pela oração, fortaleça as mãos frouxas, e firme os joelhos vacilantes. Você ora e jejua? Importune o trono da graça e seja persistente em oração. Só assim receberá a misericórdia de Deus." John Wesley (1703-1791)

Slide 15

Para igreja ter êxito nas suas propostas é necessária uma entrega continua à oração, desta forma a Modernidade se rende, pois encontra uma igreja firme em oração que consegue vencer sem apelar aos recursos da barateada psicologia Moderna, bem como sua filosofia. Quando levada a sério, e com insistência, a oração serve para mostrar aos homens que Deus continua Ativo na história da humanidade. "Que seu molho de lã fique na eira da súplica até que seja molhado com orvalho do céu." Charles H. Spurgeon (1834-1892)

Slide 16

P.2 – De que maneira a oração pode contribuir para o crescimento da igreja? ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Slide 17

P.3 – O que significa, na sua visão, amar a Verdade? ____________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Slide 18

Aprenda a amar a verdade e a lutar pela igreja para que o Reino de Deus cresça e Sua mensagem chegue a todas as pessoas em todos os lugares do mundo.

Summary: Pequeno esboço de como a Igreja e a Modernidade tem se relacionado. Busca um equilibrio que não fira a integridade da Igreja de Cristo.

URL: