A Família e o Bullying

0

No comments posted yet

Comments

Slide 1

Tatiana Nunes A Família e o Bullying Competir novembro de 2012

Slide 2

Estrutura Família A família ao longo da história Papéis e funções da família Bullying Primeiros estudos Estatísticas Conceito Manifestação do Bullying Onde acontece o Bullying Razões para a prática do Bullying Protagonistas do Bullying – Agressores/Vítimas/Testemunhas Sinais de alerta Consequências do Bullying Agressores Vítimas A família e o bem estar com o Bullying

Slide 3

“ (…) uma rede complexa de relações e emoções que não são passíveis de ser pensadas como os instrumentos criados para o estudo dos indivíduos isolados (…). A simples descrição de uma família não serve para transmitir a riqueza e complexidade relacional desta estrutura.” (Relvas, 1996, p.11) Família

Slide 4

A família ao longo da história A conceção estática de família, considerada como um refúgio, uma garantia de estabilidade ou de ordem social, está hoje ultrapassada.

Slide 5

Papéis da família Não existe uma família ideal ou um modelo pré-determinado de família, existem famílias reais; A estrutura familiar é o conjunto invisível de exigências funcionais que organiza as formas pelas quais os membros da família interagem; Para que uma organização de qualquer natureza sobreviva, é necessária uma distribuição de papéis e de funções, assim como também é necessário o estabelecimento de regras e de normas. (Regen,Cortez & Ardore, s.d.) Cuidados Proteção Afeto Educação Compreensão Ajuda

Slide 6

Funções da família Económica Doméstica e de cuidados com a saúde Recreação Socialização Auto-identidade Suporte Educacional/Vocacional

Slide 7

Bullying Entender os sinais do seu filho, passa por compreender alguns aspetos sobre o fenómeno do Bullying.

Slide 8

Bullying: Primeiros estudos Dan Olweus Atenção de muitos profissionais que passaram a estudar o modo como os alunos se relacionavam entre si; Fenómeno antigo exigia especial atenção e o devido tratamento por comprometer o desenvolvimento psicológico dos alunos envolvidos; Aumento do número de suicídios entre crianças e adolescentes na Europa; Principal causa: maus tratos praticados por companheiros de escola.

Slide 9

Manifestação do Bullying Dar empurrões, pontapés ou provocar tropeções; Bater, dar bofetadas, cotoveladas ou encontrões; Atirar objetos ou comida; Exibir linguagem corporal intimidante; Chamar nomes; Insultar; Fazer comentários sobre a raça ou a orientação sexual; Ameaçar ou intimidar; Falar mal de alguém nas suas costas… Dentro do espaço escolar Casas de banho Corredores Cantina Balneários Salas de aula Fora do espaço escolar Paragens de Autocarro Espaço envolvente da escola Transporte escolar Parques de Estacionamento Caminho escola-casa

Slide 10

Consequências do Bullying Agressores Problemas com a escola, os pais e a lei; Adoção de comportamentos agressivos como forma de obter poder e controlo; Baixa resistência à frustração; Sentimento de insegurança e baixa autoestima; Desmotivação Escolar; Baixos níveis académicos; Absentismo escolar. Vítimas Ansiedade antecipatória; Reviver a situação de Bullying; Crise de confiança e desorganização cognitiva; Vergonha Tóxica e Fraca autoestima; Irritabilidade, raiva e hostilidade; Secretismo, negação e afastamento.

Slide 11

Família e “bem estar com o Bullying” Sendo o Bullying um fenómeno de grande gravidade, torna-se urgente uma exaustiva reflexão acerca de medidas que visem a sua prevenção e combate.

Slide 12

Informações sobre o Bullying: Livros Proteja o seu filho do Bullying de Allan L. Beane Prevenção da Violência e do Bullying em contexto escolar de Susana Carvalhosa Lidar com o Bullying de Rosa Serrate Violência nas escolas de Nazaré Barros Internet http://www.portalbullying.com.pt/ http://www.bullyingescola.com/ http://bullydontdoit.wordpress.com/about/ http://www.pedagogiaaopedaletra.com/posts/bullying-violencia-escolas/

Slide 13

Obrigada pela vossa atenção!

URL: