História do Brasil – 5º ano O Brasil em Formação

+77

No comments posted yet

Comments

Slide 1

História do Brasil – 5º ano O Brasil em Formação

Slide 2

O Primeiro Reinado O Brasil pagou caro pela independência! O Brasil pagou 3,7 milhões de libras para a Coroa Portuguesa como indenização pela independência. Quem emprestou esse dinheirão todo para o Brasil pagar a Portugal? INGLATERRA Esse dinheiro que foi emprestado pela Inglaterra deu origem a primeira DÍVIDA EXTERNA brasileira.

Slide 3

D. Pedro I outorgou a Constituição de Quando tornou-se independente, o Brasil adotou a MONARQUIA como sistema de governo. O Imperador D. Pedro I outorgou a primeira Constituição brasileira. Ele impôs a Constituição. 1824 A Constituição é o conjunto de normas supremas de um país. Eu não quis saber a opinião dos representantes da população, os constituintes. Eu outorguei a Constituição e pronto!!

Slide 4

MONARQUIA REPÚBLICA O rei ou imperador governa o país. Poder é hereditário (passa de pai para filho). O poder é vitalício. ( O rei é rei até morrer!) O presidente governa o país. O presidente é eleito. O mandato tem tempo determinado. FORMAS DE GOVERNO Forma de Governo estabelecida no Brasil após a proclamação da independência. Existiu na maior parte do século XIX. Forma de governo no Brasil atualmente.

Slide 5

A independência causou conflitos entre brasileiros e portugueses. Antes da independência, os nascidos no Brasil se consideravam portugueses. Após a independência, algumas pessoas começaram a se declarar brasileiros e formaram o “partido brasileiro”. . Os contrários à independência formaram o “partido português”. Os “brasileiros” acusavam os “portugueses” de monopolizar o comércio do Rio de Janeiro. Em março de 1831, os brasileiros atacaram as casas dos portugueses, que reagiram jogando garrafas. Que loucura! A noite das garrafadas Socorro!!!!

Slide 6

D. Pedro abdicou! D. Pedro tinha muitos problemas para tratar: Os brasileiros reclamavam dos impostos. Também reclamavam da Constituição outorgada. O “partido brasileiro” desconfiava de que D. Pedro planejava reunir o Brasil e Portugal. O Príncipe Pedro de Alcântara tinha apenas 5 anos!!! Mas o que quer dizer abdicar? Abdicar quer dizer renunciar. D. Pedro não quis mais ser imperador do Brasil. D. Pedro não deu conta de tantos problemas! Ele resolveu abdicar do trono brasileiro em favor de seu filho PEDRO DE ALCÂNTARA.

Slide 7

O Período Regencial Com apenas 5 anos, Pedro de Alcântara não podia governar o Brasil. Era apenas uma criança! Por isso, foram escolhidos REGENTES para dirigir o império até que o menino atingisse a maioridade. Enquanto isso, uma equipe de tutores (professores) garantiu a educação de D. Pedro, ensinando-lhe direito, artes, ciências e outras disciplinas. O período regencial foi dividido em duas etapas: REGÊNCIA TRINA PERMANENTE 3 Regentes administrariam o império até que o jovem Pedro se tornasse MAIOR de idade. NÃO DEU CERTO!! REGÊNCIA UNA Em 1837, os três regentes foram substituídos por apenas um.

Slide 8

Período Regencial Muitas rebeliões (grandes confusões!!) aconteceram no período regencial. Queriam dividir o Brasil em várias repúblicas. Por causa dos conflitos ou rebeliões, o governo regencial reforçou o poder central, criou a Guarda Nacional e o Código do Processo Criminal para combater as tropas rebeldes. A Guarda Nacional foi criada para proteger o império contra as tropas rebeldes do exército.

Slide 9

Período Regencial No período regencial, começaram a surgir idéias de que o Brasil deveria mudar a forma de governo de Monarquia para República. Para alguns políticos isso não era nada interessante. Esses políticos eram chamados de MODERADOS. Eles anteciparam a maioridade de D. Pedro para garantir a manutenção da Monarquia. E foi assim que , com apenas 14 anos, em 1840, eu virei imperador do Brasil. Sou D. Pedro II. O governo de D. Pedro II foi marcado pelo desenvolvimento na indústria, no sistema de transportes e nas artes.

Slide 10

O PÚBLICO E O PRIVADO NO IMPÉRIO As festas cívicas: Durante o século XIX, os principais acontecimentos políticos eram acompanhados de festas cívicas. A aclamação de D. Pedro I Gravura de Debret A coroação de D. Pedro I aconteceu em local fechado. Só os nobres puderam participar! O beija-mão Beijava-se a mão de reis e rainhas para demonstrar respeito a eles.

Slide 11

O público e o privado no império As festas populares aconteciam nas ruas ou em praças públicas nas cidades e vilas do Brasil. Uma festa católica As pessoas caminhavam em procissões seguindo uma bandeira que representava o Espírito Santo. Festa do Divino Batuque de Pretos Durante o dia de Santa Ana, escravos e homens livres batucavam e dançavam em rodas.

Slide 12

O público e o privado no império As festas privadas aconteciam nas casas, palacetes ou no palácio imperial. Nem todas as festas eram para pessoas mais ricas. Você sabia que a a quadrilha, dança típica de festas juninas, era dançada em salões imperiais ? Ela era comandada por mestres franceses! Tudo muito sofisticado e elegante!! Depois a quadrilha virou uma dança popular.

Slide 13

Recordando Em que ano foi outorgada a primeira Constituição do Brasil? 1824 Quais foram as duas fases do Período Regencial? Regência Trina Permanente Regência Una Como eram chamados os políticos que anteciparam a maioridade de D. Pedro de Alcântara? Moderados Que tipo de festa foi a coroação de D. Pedro I ? Foi uma festa cívica.

Slide 14

O que o governo regencial criou para proteger o império contra as tropas rebeldes? O governo regencial criou a Guarda Nacional e o Código de Processo Criminal. Como era chamado o chefe do governo enquanto o imperador D. Pedro era criança? Regente

Tags: independência regência império monarquia

URL: