INFLUENZA A

+7

No comments posted yet

Comments

Yolanda (5 years ago)

Gostei da formatação. Séria e elucidativa.

Slide 1

INFLUENZA A (H1N1)

Slide 2

ORIGEM ORIGINADA NO MÉXICO, A INFLUENZA A É UMA DOENÇA RESPIRATÓRIA AGUDA (GRIPE), ALTAMENTE CONTAGIOSA, CAUSADA PELO VÍRUS A (H1N1), QUE NORMALMENTE ACOMETE PORCOS, MAS DEVIDO A MUTAÇÕES RECENTES, PASSOU A SER TRANSMITIDA DE PESSOA A PESSOA.

Slide 3

CONHEÇA A DOENÇA A INFLUENZA A É UMA DOENÇA RESPIRATÓRIA AGUDA (GRIPE), CAUSADA PELO VÍRUS A (H1N1). ESTE NOVO SUBTIPO DO VÍRUS DA INFLUENZA É TRANSMITIDO DE PESSOA A PESSOA PRINCIPALMENTE POR MEIO DA TOSSE OU ESPIRRO E DE CONTATO COM SECREÇÕES RESPIRATÓRIAS DE PESSOAS INFECTADAS.

Slide 4

O VÍRUS PODE FICAR INCUBADO NO ORGANISMO DE 1 A 4 DIAS, SENDO QUE A TRANSMISSÃO PODE OCORRER DE DOIS DIAS ANTES DO APARECIMENTO DOS SINTOMAS ATÉ CINCO DIAS DEPOIS. É MUITO IMPORTANTE QUE A PESSOA COM OS SINTOMAS DA GRIPE FIQUE EM REPOUSO E TOME BASTANTE LÍQUIDO. OS MEDICAMENTOS ANTITÉRMICOS PODEM SER UTILIZADOS, COM ESPECIAL ATENÇÃO AO ÁCIDO ACETIL SALICÍLICO, QUE NÃO É ACONSELHÁVEL PARA CRIANÇAS.

Slide 5

OS CASOS SÃO SEPARADOS EM TRÊS CATEGORIAS. CASOS SUSPEITOS SÃO DE PESSOAS EM ESTÁGIO AGUDO DA DOENÇA, COM DURAÇÃO MÁXIMA DE CINCO DIAS COM FEBRE E PELO MENOS UM SINTOMA RESPIRATÓRIO, COM OU SEM OUTROS SINTOMAS. CONFIRMADOS SÃO OS IDENTIFICADOS POR EXAMES LABORATORIAIS. E DESCARTADOS SÃO OS QUE TÊM RESULTADO DE EXAME NEGATIVO, EM AMOSTRA COLHIDA E TRANSPORTADA DE FORMA CORRETA OU SE IDENTIFICADO LABORATORIALMENTE OUTRO AGENTE CAUSADOR.

Slide 6

SINTOMAS: FEBRE ALTA REPENTINA E SUPERIOR A 38ºC; TOSSE; DOR DE CABEÇA; DORES MUSCULARES E NAS ARTICULAÇÕES; DIFICULDADE RESPIRATÓRIA.

Slide 7

SE VOCÊ APRESENTAR ESSES SINTOMAS ATÉ 10 DIAS APÓS SAIR DE PAÍSES QUE REPORTARAM CASOS DE INFLUENZA A (H1N1) OU TIVER CONTATO COM PESSOA CLASSIFICADA COMO CASO SUSPEITO DE INFECÇÃO HUMANA PELO NOVO SUBTIPO DE INFLUENZA, ENTRE EM CONTATO IMEDIATAMENTE COM O DISQUE EPIDEMIOLOGIA 0800-283-2255.

Slide 8

RECOMENDAÇÕES:

Slide 9

AO TOSSIR OU ESPIRRAR, COBRIR O NARIZ E A BOCA COM UM LENÇO, PREFERENCIALMENTE DESCARTÁVEL.

Slide 10

LAVAR AS MÃOS FREQUENTEMENTE COM ÁGUA E SABÃO, ESPECIALMENTE DEPOIS DE TOSSIR OU ESPIRRAR.

Slide 11

EVITAR LOCAIS FECHADOS COM AGLOMERAÇÃO DE PESSOAS

Slide 12

EVITAR O CONTATO DIRETO COM PESSOAS DOENTES.

Slide 13

NÃO COMPARTILHAR ALIMENTOS, COPOS, TOALHAS E OBJETOS DE USO PESSOAL.

Slide 14

EVITAR TOCAR OLHOS, NARIZ OU BOCA.

Slide 15

EM CASO DE ADOECIMENTO, PROCURAR ASSISTÊNCIA MÉDICA E INFORMAR HISTÓRIA DE CONTATO COM DOENTES OU/E ROTEIRO DE VIAGENS RECENTES.

Slide 16

NÃO USAR MEDICAMENTOS SEM ORIENTAÇÃO MÉDICA.

Slide 17

Pessoas com sintomas de gripe (febre, tosse, coriza e dores de garganta, de cabeça ou pelo corpo e desconforto respiratório como dor e dificuldade para respirar) devem procurar o profissional de saúde onde habitualmente já se consultam para avaliação do médico e monitoramento clínico, diagnóstico precoce de gravidade e investigação epidemiológica de casos graves e surtos. Elas não devem ir ao trabalho e à escola ou a locais de aglomeração de pessoas. Os hospitais devem ser reservados para os casos mais graves.

Slide 18

http://www.campinas.sp.gov.br/saude/ http://gripesuina.saude.mg.gov.br/sintomas/ FORMATAÇÃO:PROFª. LUCIANA CUNHA RISSO

URL:
More by this User
Most Viewed