350 Presentation_PORTUGUESE

+18

No comments posted yet

Comments

Slide 1

? O QUE É

Slide 2

é MAIS que um NÚMERO...

Slide 3

CIÊNCIA é uma questão de…

Slide 4

UMA META…

Slide 5

CLIMA EM MUDANÇA PELO NOSSO

Slide 6

é uma oportunidade POLíTICA

Slide 7

uma meta específica

Slide 8

para mudar o que for possível num TRATADO GLOBAL DE CLIMA

Slide 9

é uma questão de… MOVIMENTO

Slide 10

deixar os combustíveis fósseis

Slide 11

um grito de mobilização por um movimento global

Slide 12

e um só dia para nos unirmos E NOS FAZERMOS OUVIR 24 out. um dia internacional de acção climática 2009

Slide 13

CIÊNCIA

Slide 14

O EFEITO DE ESTUFA

Slide 15

387ppm CO2 hoje:

Slide 16

Acha que estamos acima ou abaixo de onde precisamos de estar?

Slide 17

AGORA As alterações climáticas têm impactos no nosso planeta

Slide 18

MUNDO NATURAL impacto no nosso

Slide 19

GLACIARES ESTÃO A DERRETER

Slide 20

GLACIAR MUIR & RIGGS 1941

Slide 21

GLACIAR MUIR & RIGGS 2004

Slide 22

GLACIAR PEDERSEN, 1920

Slide 23

GLACIAR PEDERSEN, 2005

Slide 24

OS OCEANOS ESTÃO A ACIDIFICAR

Slide 25

Os recifes de coral estão a descolorar

Slide 26

O NÍVEL DO MAR ESTÁ A SUBIR Média de três anos Altimetria satélite Ano Alteração do Nível das Águas (cm)

Slide 27

O CLIMA ESTÁ A TORNAR-SE MAIS EXTREMO

Slide 28

A Austrália sofre a pior seca em 1.000 anos “ ” - Guardian, R.U., 7 Nov 2008

Slide 29

Ciclone em Myanmar – número de mortos sobe acima dos 43.000. “ ” - USA Today, 15 de Maio de 2008

Slide 30

E.U.A. a braços com a fúria do Katrina vê o número de mortos a crescer. “ ” - International Herald Tribune, 31 de Agosto de 2005

Slide 31

Ilhas Salomão declaram ESTADO DE CALAMIDADE. “ ” - Reuters 4 Fev 2009

Slide 32

MAIORES CHEIAS POR DÉCADA

Slide 33

AS FLORESTAS ESTÃO AMEAÇADAS

Slide 34

Aquecimento rápido espalha o caos nas florestas do Canadá. “ ” - Washington Post, 1 de Março de 2006

Slide 35

Austrália em fogo exige ACÇÃO CLIMÁTICA “ ” - Washington Post, 1 de Março de 2006

Slide 36

As alterações climáticas têm impacto sobre a HUMANIDADE

Slide 37

ameaçam a sobrevivência das PEQUENAS ILHAS

Slide 38

[As pequenas ilhas] são como o canário na mina de carvão em termos do impacto dramático das alterações climáticas em toda uma civilização. Eles não causaram o problema, mas estarão entre os primeiros a senti-lo. “ ” James J. McCarth, Oceanógrafo

Slide 39

têm impacto na SUBSISTÊNCIA LOCAL

Slide 40

O mais completo relatório já elaborado sobre as questões económicas das alterações climáticas avisa que o aquecimento global pode inflingir uma disrupção a nível mundial com intensidade equivalente à que causaram as duas Grandes Guerras e a Grande Depressão. “ ” - Serviço de Notícias Ambientais STERN REVIEW, 2006

Slide 41

O mundo nunca antes enfrentou uma ameaça à produção alimentar previsivelmente tão massiva como a que se coloca com o derretimento dos glaciares da Ásia. “ ” - Lester Brown, Instituto de Políticas Terrestres, Autor de Plano B PERTURBAM A PRODUÇÃO DE ALIMENTOS

Slide 42

Aquecimento Global Aumenta Ameaça da Malária e Dengue, diz a ONU. “ ” - Bloomberg, 27 Nov. 2007 AFECTAM A NOSSA SAÚDE:

Slide 43

Alterações climáticas podem expulsar MIL MILHÕES das suas casas até 2050. “ ” - 30 de Abril de 2008, The Independent. CRIAM REFUGIADOS CLIMÁTICOS

Slide 44

As alterações climáticas irão provocar clivagens maiores que nunca, acentuando linhas de divisão e conflito nas relações internacionais… quanto à distribuição dos recursos, particularmente terra e água. “ ” - Relatório: Mundo em Transição AMEAÇAM A SEGURANÇA:

Slide 45

387ppm CO2 hoje:

Slide 46

CONCENTRAÇÕES DE CO2 PASSAM TODAS AS MARCAS CO2 em PPM TEMPERATURA Anos Partes por Milhão de CO2 HOJE: 387ppm 550ppm? Mais? CERCA DE 1900 ÚLTIMA ERA GLACIAR Se isto continua onde estaremos em meados do século?

Slide 47

A prova mais impressionante até agora…

Slide 48

O DERRETER DO ÁRCTICO. Novas previsões Observações satélite Pior projecção IPCC Alteração mais provável Amplitude IPCC Derretimento efectivo já derreteu quase 80 ANOS mais cedo do que os cientistas haviam previsto YEAR % alteração na cobertura gelada

Slide 49

acha que estamos acima ou abaixo de onde devíamos estar? Então,

Slide 50

CO2 NA ATMOSFERA ESTAMOS AQUI: 387 DEVÍAMOS ESTAR AQUI: 350 PARTES POR MILHÃO DE CO2 ANO

Slide 51

“Se a humanidade quer preservar um planeta semelhante àquele em que a civilização se desenvolveu e ao qual a vida na Terra está adaptada, as provas paloeclimáticas das alterações climáticas em curso sugerem que teremos de reduzir o CO2 das actuais 387ppm para no máximo 350ppm.” - Climatologista da NASA Dr. James E. Hansen, 2008

Slide 52

? COMO VOLTAR AOS

Slide 53

EMISSÕES GLOBAIS CONTINUAM A CRESCER 2PPM POR ANO Total Petróleo Carvão Gás Natural Produção de Cimento ANO MILHÕES DE TONELADAS DE CARBONO /ANO

Slide 54

SIGNIFICA REFAZER O NOSSO MUNDO

Slide 55

SIGNIFICA INSTALAR TURBINAS EÓLICAS EM VEZ DE CENTRAIS A CARVÃO

Slide 56

SIGNIFICA PLANTAR ÁRVORES EM VEZ DE DEVASTAR A FLORESTA TROPICAL

Slide 57

E IMPLEMENTAR MIL SOLUÇÕES DIFERENTES

Slide 58

que criam novos empregos

Slide 59

E tornam as nossas comunidades MAIS SAUDÁVEIS

Slide 60

PARTES POR MILHÃO DE CO2 ANO Eliminação progressiva do carvão até 2030 Melhoria das florestas e solos Redução do uso de petróleo/gasolina CHEGAR AOS 350

Slide 61

POLÍTICA

Slide 62

2009 É UM ANO CRUCIAL

Slide 63

Os líderes mundiais irão reunir-se para criar um novo tratado de clima no fim do ano em Copenhaga.

Slide 64

Tudo isto começou há 20 anos atrás

Slide 65

1988: Jim Hansen apresentou o primeiro testemunho sobre aquecimento global ao Congresso dos E.U.A.

Slide 66

1988: O IPCC foi criado para “fornecer aos decisores e outros interessados nas alterações climáticas uma fonte objectiva de informação sobre as alterações climáticas”

Slide 67

NOVOS RELATÓRIOS A CADA 4 DIAS CIENTISTAS

Slide 68

GANHOU O PRÉMIO NOBEL EM 2007 COM AL GORE

Slide 69

CQNUAC, Convenção Quadro das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas criada na Cimeira da Terra no Rio COPENHAGA RIO

Slide 70

PROTOCOLO DE QUIOTO 1997 Ratificaram o tratado Não ratificaram Assinaram, ratificação pendente Sem Posição

Slide 71

Todos os anos há uma Conferência das Partes (COP) durante duas semanas, para discutir os termos do tratado de Quioto COP 12 Montreal, Canadá 2005

Slide 72

10.000 participantes juntam-se de governos, empresas, media, sociedade civil e ONG

Slide 73

para tentarem INFLUENCIAR este processo

Slide 74

Agora, Quioto está a EXPIRAR, e os negociadores têm de se pôr de acordo quanto a um novo tratado até ao final deste ano.

Slide 75

Em 2007, na COP 13 em Bali, na Indonésia

Slide 76

OS NEGOCIADORES CRIARAM O ROTEIRO DE BALI ADAPTAÇÃO MITIGAÇÃO TRANSFERÊNCIA DE TECNOLOGIAS RECURSOS FINANCEIROS

Slide 77

IPCC 450ppm (2007- último relatório) METAS DE MITIGAÇÃO:

Slide 78

450ppm = 50% de hipóteses de um aquecimento de 2°C

Slide 79

À medida que crescem os efeitos do aquecimento, o relatório da ONU RAPIDAMENTE SE DESACTUALIZA. “ ” - 12 de Fevereiro de 2009, Yale Environment 360

Slide 80

350ppm começou a ganhar peso nas NEGOCIAÇÕES INTERNACIONAIS DE CLIMA

Slide 81

Dois graus (450ppm) não é realmente um nível seguro para os estados-ilha. Para muitos deles seria uma sentença de morte a longo prazo. “ ” - Leon Charles, Presidente da Aliança dos Estados-Ilha (AOSIS)

Slide 82

Gore ouviu os aplausos mais altos [na COP14 na Polónia] por defender um limite mais rigoroso para os níveis de dióxido de carbono na atmosfera do que a meta mais consensual de 450 ppm ou mais. ‘Em breve vamos ter que baixar essa meta para 350,’ disse. – Reuters, Dezembro de 2008

Slide 83

DEZEMBRO 2009 No final deste ano, os negociadores terão de acordar os termos finais para um NOVO TRATADO DE CLIMA em Copenhaga

Slide 84

Muitos estão preocupados com a ideia de um tratado justo: MDL MERCADO DE CARBONO REPRESENTAÇÃO INDÍGENA QUIOTO NÃO REDUZIU EMISSÕES FINANCIAMENTO DAS NAÇÕES DESENVOLVIDAS ÀQUELAS EM DESENVOLVIMENTO

Slide 85

MAS HÁ RAZÕES PARA ESPERAR QUE O NOVO TRATADO POSSA VIR A SER MELHOR A minha presidência será um novo capítulo no que diz respeito à liderança americana em termos de clima.

Slide 86

Há muito trabalho a fazer este ano. Se as nações de todo o mundo fossem firmar um acordo neste momento, ele seria IMPERFEITO E INADEQUADO.

Slide 87

É por isto que temos de fazer ouvir as nossas vozes em 2009

Slide 88

ESPERANÇA

Slide 89

O MOVIMENTO

Slide 90

POTENCIAL PARA UM MOVIMENTO GLOBAL ESTAMOS PRONTOS PARA A ACÇÃO: Sondagens da opinião pública a nível global revelam que 9 em cada 10 pessoas querem ver acção em termos de alterações climáticas, e 7 em cada 10 querem ver acção digna de nota “muito em breve” ESTAMOS ORGANIZADOS: 110.000 organizações da sociedade civil registadas em WiserEarth.org ESTAMOS EM REDE: Desde 2007, a Avaaz.org recolheu 10 milhões de assinaturas online para causas ambientais e de direitos humanos

Slide 91

MILHÕES em listas de mail + DE 100 MILHÕES de blogs 50 MILHÕES utilizadores no Facebook 55 MILHÕES utilizadores/mês no YouTube Cerca de 25% da população mundial está online.

Slide 92

UM MOVIMENTO CRESCENTE DE CLIMA

Slide 93

BALI, INDONÉSIA

Slide 94

LÍBANO

Slide 95

REINO UNIDO

Slide 96

AUSTRÁLIA

Slide 97

[INSIRA AQUI A SUA FOTO DE ACÇÃO CLIMÁTICA!]

Slide 99

Torne o INVISíVEL VISÍVEL

Slide 100

pode unir-nos

Slide 101

COMO? Uma mensagem simples e clara

Slide 102

para todos os que acreditam na luta pela segurança contra O PERIGO DAS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

Slide 103

Quem é ? Um movimento global de cidadãos preocupados Uma rede de organizações parceiras Mensageiros Uma equipa coordenadora de jovens do mundo inteiro TODOS NÓS que procuramos uma solução justa e igualitária para a crise climática

Slide 104

350 É UM MOVIMENTO GLOBAL DE CIDADÃOS PREOCUPADOS

Slide 105

CAMARÕES

Slide 106

NUNAVUT, CANADÁ

Slide 107

NAGPUR, ÍNDIA

Slide 108

BOGOTÁ, COLÔMBIA

Slide 109

VALDIVIA, CHILE

Slide 111

[INSIRA AQUI A SUA FOTO DE ACÇÃO 350!]

Slide 112

350 É UMA REDE DE ORGANIZAÇÕES PARCEIRAS

Slide 113

às BASES Desde ONG internacionais

Slide 115

INSIRA AQUI INFORMAÇÃO SOBRE A SUA ORGANIZAÇÃO

Slide 116

350 É APOIADA POR MENSAGEIROS INSPIRADOS

Slide 117

Se a humanidade quer preservar um planeta semelhante àquele em que a civilização se desenvolveu e ao qual a vida na Terra está adaptada, as provas paloeclimáticas das alterações climáticas em curso sugerem que teremos de reduzir o CO2 das actuais 387ppm para no máximo 350ppm. - Climatologista da NASA Dr. James E. Hansen, 2008

Slide 118

As alterações climáticas já são perigosas. Ao ver o Árctico derreter e as pequenas ilhas desaparecerem sob a subida dos mares, o mundo não pode permanecer imóvel. Os Inuit e todos os povos têm o direito de viver em segurança nas suas culturas. Enquanto humanidade que partilha, temos que nos afastar do precipício. 350 é uma boa meta para o evitar. -Sheila Watt-Cloutier, Antiga Presidente Internacional da Conferência Circumpolar Inuit

Slide 119

Porquê 350? Temos de regressar ao equilíbrio natural do planeta! -David Suzuki, Cientista Canadiano, Escritor e Activista

Slide 120

Voltar aos 350 significa mudar tudo na nossa economia. Significa criar empregos nas energias limpas em todo o mundo de forma a catalizar uma transformação global construída com base nos princípios da equidade e igualdade de oportunidades. -Van Jones, Defensor dos Direitos Humanos e do Ambiente

Slide 121

As alterações climáticas são uma realidade. A vida depende de um ambiente sustentável. Sem o mundo, só exite o nada – sem animais, sem árvores, sem nós. É por isso que envolver-se com a 350.org é tão importante – é uma forma eficaz de agir de modo a vencer a crise climática. -Desmond Tutu, Arcebispo Benemérito

Slide 122

Apoio a cem por cento a campanha 350. O abandonar da agricultura industrial em favor dos sistemas ecológicos de produção local de alimentos seria o passo mais importante a dar em direcção aos 350 e a um clima seguro, ao mesmo tempo que resolveria a crise alimentar. -Vandana Shiva, Líder Ambiental

Slide 123

350 É COORDENADA POR UMA EQUIPA DE JOVENS DE TODO O MUNDO

Slide 124

A Civilização é aquilo que cresce nas margens do ócio e da segurança fornecidos por uma relação prática com o mundo natural. Essa margem não existirá, pelo menos por muito tempo, se continuarmos do lado errado da barreira dos 350. É o limite que enfrentamos. -Bill McKibben, escritor, líder ambiental, e Director da 350.org E pelo escritor e ambientalista Bill McKibben

Slide 125

A MESMA EQUIPA DE STEP IT UP 2007

Slide 129

2.000 EVENTOS

Slide 130

2.000 EVENTOS 1 DIA

Slide 131

2.000 EVENTOS 1 DIA 1 MENSAGEM

Slide 132

80% ATÉ 2050

Slide 133

A NOSSA ESTRATÉGIA: ACÇÕES CRIATIVAS + MENSAGEM DIRIGIDA E ESPECÍFICA = REAL IMPACTO NAS POLÍTICAS DE DEBATE

Slide 134

ENVOLVA-SE!

Slide 135

24 out. um dia internacional de acção climática 2009 ORGANIZE UMA ACÇÃO NA SUA COMUNIDADE.

Slide 136

Seis semanas antes das negociações da ONU em Copenhaga.

Slide 137

UM ÚNICO DIA PARA NOS UNIRMOS

Slide 138

E FAZER OUVIR AS NOSSAS VOZES

Slide 139

AOS MEDIA

Slide 140

AOS DECISORES

Slide 141

AO MUNDO

Slide 142

O que é que vamos fazer nestes eventos?

Slide 143

Unidos pelo nosso APELO COMUM À ACÇÃO…

Slide 144

VAMOS JUNTAR-NOS

Slide 145

VAMOS DESFILAR

Slide 146

VAMOS SUBIR AO TOPO DE MONTANHAS

Slide 147

VAMOS MERGULHAR

Slide 148

VAMOS PEGAR NAS BICICLETAS

Slide 149

VAMOS SER CRIATIVOS

Slide 150

VAMOS FAZER LOBBY

Slide 151

As opções estão em aberto... QUAL É A SUA IDEIA?

Slide 152

ONDE VAMOS AGIR?

Slide 153

lugares emblemáticos

Slide 154

places we hold dear lugares que nos são queridos

Slide 155

em face do nosso clima em mudança

Slide 158

lugares que são importantes para as nossas comunidades

Slide 159

RESULTADO UM MOVIMENTO GLOBAL, LIGADO ATRAVÉS DA INTERNET, COM UM APELO COMUM À ACÇÃO.

Slide 160

A ANIMAÇÃO 350:

Slide 161

ADIRA AO MOVIMENTO. Tome posição em favor de um acordo climático global que vá de encontro à ciência mais recente. INSCREVA-SE!

Slide 162

Insira aqui os seus contactos LOCAL GLOBAL

Slide 163

24 de Outubro de 2009 GUARDE ESTA DATA!

Slide 164

Fontes artigo de Hansen Serviço de sondagens da BBC World - http://www.globescan.com/news_archives/bbc_climate/

URL: