Aula 11 - histologia do sistema linfático

+12

No comments posted yet

Comments

Slide 1

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO Prof. Marco Antonio Nunes e-mail: manunes@globo.com O SISTEMA LINFÁTICO Histologia e Embriologia O sistema linfático é um conjunto de estruturas que: Drenagem do líquido intersticial Produzem e transportam a linfa dos tecidos para o sistema circulatório. Transportam lipídios dietéticos e vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K). Devolve para a circulação as proteínas plasmáticas perdidas. Facilitam respostas imunes (de defesa)

Slide 2

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO Prof. Marco Antonio Nunes e-mail: manunes@globo.com CONSTITUIÇÃO DO SISTEMA LINFÁTICO Histologia e Embriologia Linfa Capilares linfáticos Vasos e troncos linfáticos Órgãos linfáticos primários Medula óssea vermelha Timo Órgãos e tecidos linfáticos secundários Linfonodos Baço Nódulos linfáticos

Slide 3

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO A LINFA Histologia e Embriologia A LINFA A linfa é um líquido formado a partir da drenagem de parte do líquido intersticial que esta se acumulando no interstício celular. A linfa possui constituição muito semelhante ao líquido intersticial. Nos vasos linfáticos do intestino (capilares lácteos) a linfa possui em sua constituição lipídios dietéticos e vitaminas lipossolúveis (A, E, D e K).

Slide 4

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO OS CAPILARES LINFÁTICOS Histologia e Embriologia OS CAPILARES LINFÁTICOS Semelhantes as capilares sanguíneos Possuem fundo cego Formados por uma camada de células epiteliais achatadas (endotélio). Células endoteliais possuem margens que se sobrepõem. Possuem filamentos de ancoragem que prendem as células endoteliais ao tecido adjacente.

Slide 5

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO VASOS E LINFONOSOS Histologia e Embriologia VASOS LINFÁTICOS Os vasos linfáticos são formados pelo união de capilares linfáticos. Possuem estrutura semelhante a das veias, porém mais finas. Possuem muitas válvulas em seu interior Ao longo dos vasos linfáticos existe muitos linfonodos conectados por onde a linfa flui. Da união dos vasos linfáticos se formam os troncos linfáticos A circulação da linfa pelos capilares, vasos linfáticos e ductos linfáticos é impulsionada pela contração dos músculos esqueléticos ao redor dos vasos linfáticos e pela ação da bomba respiratória.

Slide 6

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO Prof. Marco Antonio Nunes e-mail: manunes@globo.com Diferença entre órgãos linfáticos primários e secundários Histologia e Embriologia Órgãos linfáticos primários Medula óssea vermelha Timo São órgãos que possuem células tronco capazes de formar linfócitos B ou T capazes de executar respostas imunológicas em outros locais Órgãos linfáticos secundários Linfonodos Baço e nódulos linfáticos São os locais onde ocorre as respostas imunológicas.

Slide 7

AULA 10 – HISTOLOGIA DO SISTEMA CIRCULATÓRIO: O SANGUE Prof. Marco Antonio Nunes e-mail: manunes@globo.com Hemopoiese (hematopoiese) Histologia e Embriologia Célula tronco pluripotencial Célula-tronco mielóide Célula tronco linfóide Pré-eritoblasto Reticulócito Núcleo ejetado Hemácia (eritrócito ou glóbulos vermelhos) CFU-E Megacarioblasto CFU-Meg Megacariócito Plaquetas (Trombócitos) Monoblasto Monócito Macrófagos Mieloblasto Neutrófilo CFU-GM Mieloblasto eosinófilo Eosinófilo Mieloblasto basófilo Basófilo Células pré-B Linfoblasto B Linfócito B Plasmócito Protimócito Linfoblasto T Linfócito T EPO TPO CSF e Interleucina

Slide 8

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO Prof. Marco Antonio Nunes e-mail: manunes@globo.com Órgãos Linfáticos Primários: O Timo Histologia e Embriologia Órgão bilobado Localizado no mediastino, atrás do esterno. No timo: Ambos os lobos são envolvidos por uma lâmina de tecido conjuntivo Cada lobo é envolvido por uma cápsula de tecido conjuntivo. Prolongamentos da cápsula penetram em cada lobo (trabéculas) dividindo os em lóbulos. Cada lóbulo consiste: De um córtex periférico (mais escuro) Possui células epiteliais reticulares Possui linfócitos compactados Possui macrófagos De uma medula central (mais clara) Células epiteliais reticulares Linfócitos mais espalhados Corpúsculos tímicos (de Hassall) O timo entra em processo de atrofia a partir da puberdade.

Slide 9

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO Prof. Marco Antonio Nunes e-mail: manunes@globo.com Órgãos Linfáticos Secundários: Os Linfonodos Histologia e Embriologia Numerosos órgãos (600 linfonodos) em forma de feijão localizados ao longo dos vasos linfáticos. Localizam-se por todo corpo, superficialmente e profundamente, mas são mais concentrados nas axilas, virilhas e região mamária. Linfonodo

Slide 10

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO Prof. Marco Antonio Nunes e-mail: manunes@globo.com Órgãos Linfáticos Secundários: Os Linfonodos Histologia e Embriologia Cada linfonodos é: Conectado a vasos linfáticos aferentes e eferentes: Envolvido por uma cápsula de tecido conjuntivo denso com prolongamentos (as trabéculas) que dividem o linfonodo em compartimentos, Cada compartimento é dividido em: Córtex externo Nódulos linfáticos (aglomerados de linfócitos B). A região central de cada nódulo há os centros germinativos, onde linfócitos B tornam-se plasmócitos, células dendríticas iniciam a resposta imune e também existem macrófagos. Córtex interno (área paracortical) que possui linfócitos T Medula formada por aglomerados de linfócitos B e plasmócitos compactados (cordões medulares) Possui canais irregulares preenchidos por fibras reticulares por onde circula a linfa, linfócitos e macrófagos Possui um hilo que possui vasos sanguíneos e linfáticos eferentes

Slide 11

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO Prof. Marco Antonio Nunes e-mail: manunes@globo.com Órgãos Linfáticos Secundários: O Baço Histologia e Embriologia O Baço é um órgão ovalado de localização abdominal esquerda entre o diafragma e o estomago. É maior massa corporal concentrada de tecido linfático. O baço possui: Uma cápsula de tecido conjuntivo denso que invade o órgão (as trabéculas) No baço pode-se distinguir : A polpa branca: linfócitos e macrófagos ao redor de artérias. A polpa branca está relacionada com resposta imune. A polpa vermelha seios venosos preenchidos por sangue com linfócitos, macrófagos, granulócitos e veias. A polpa vermelha está relacionada com a destruição de hemácias e plaquetas desgastadas, armazenamento de plaquetas e produção de células sanguíneas na vida fetal.

Slide 12

AULA 11 – HISTOLOGIA DO SISTEMA LINFÁTICO Prof. Marco Antonio Nunes e-mail: manunes@globo.com Órgãos linfáticos secundários: nódulos linfáticos Histologia e Embriologia Os nódulos linfáticos são concentrações de tecido linfático associado a mucosas que revestem os tratos gastrointestinal, ductos respiratórios, urinário e genital. Os nódulos linfáticos são também chamados de tecido linfático associado a mucosas (MALT) As maiores aglomerações de nódulos linfáticos estão Nas tonsilas palatinas Nas tonsilas linguais Na adenoide No apêndice vermiforme No intestino (placa de Peyer) Não são considerados órgãos pois não são envolvidos por uma cápsula de tecido conjuntivo mas sim por mucosas.

Summary: Resumo de aula de histologia humana, sistema linfático (ensino superior)

Tags: histologia sistema linfático faqbio

URL: